conecte-se conosco

Notícias

Brasil ainda tem 2,5 mi de crianças e jovens fora da escola

Publicado

em

concurso-educaC3A7C3A3o
Apesar de o acesso de membros de classes menos favorecidas da população à educação ter aumentado no Brasil nos últimos dez anos, ainda há 2.486.245 crianças e jovens entre quatro e 17 anos fora da escola, de acordo com levantamento do movimento Todos pela Educação (TPE) publicado nesta quarta-feira (5).
O levantamento foi feito com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (Pnad). Em 2015, dos quase 2,5 milhões fora da escola, a maior parte tem de 15 a 17 anos – são 1.543.713 jovens que não frequentam salas de aula.
Na avaliação do TPE, há uma redução de desigualdade “importante, embora não suficiente”, pois mesmo que os indicadores tenham avançado, ainda estão entre as parcelas mais vulneráveis da população as maiores concentrações de crianças e jovens fora da escola.
“São aqueles que mais precisam da educação para superar a exclusão e a pobreza. Muitos são crianças e jovens com deficiência e moradores de lugares ermos. Muitos têm gerações na família que nunca pisaram na escola”, diz a presidente do movimento, Priscila Cruz.
A lei brasileira determina que todas as crianças e jovens entre quatro e 17 anos de idade devem estar matriculados na escola. Segundo a Emenda Constitucional 59 de 2009, incorporada no Plano Nacional de Educação (PNE) e sancionada em 2014, o Brasil teria que universalizar o atendimento educacional até 2016.
“Temos que tomar cuidado quando se diz que estamos quase universalizando. Esse discurso tirou pressão nos governos”, diz Cruz. “É a questão que mais deveria envergonhar os brasileiros, saber que temos 2,5 milhões de crianças e jovens fora da escola em pleno século 21”.
Avanços
De 2005 a 2015, o acesso dos jovens entre quatro e 17 anos de idade aumentou principalmente entre a população parda e negra, os de baixa renda e moradores do campo. Os avanços foram maiores que os registrados entre brancos, ricos e moradores da cidade.

Notícias do Brasil e do mundo você encontra aqui. Leia, comente, compartilhe e assista nossos programas. NBO - Um Novo Brasil Online começa aqui.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias

Presos fazem rebelião em penitenciária do Rio de Janeiro

Publicado

em

28168591_1743594568995427_7847204467766512101_n

Dois dias após a decretação da intervenção federal na área de segurança pública do Estado do Rio, a Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, na Baixada Fluminense, registrou uma rebelião neste domingo, 18.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), há reféns neste momento. Conforme nota divulgada por volta de 19h45 pela Seap, inspetores de segurança e administração penitenciária frustraram, ainda de tarde, uma tentativa de fuga de internos na penitenciária. “Logo após, os internos iniciaram um motim. A Seap informa ainda que há reféns, no momento”, diz a nota.

A Polícia Militar (PM) enviou para o local o Batalhão de Choque, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e todos os batalhões da Baixada Fluminense. O Grupamento de Intervenção Tática (GIT) da Seap está no local.

Mais cedo, a Seap havia informado que uma série de medidas especiais foram tomadas nas penitenciárias. Algumas delas estavam sendo planejadas antes do decreto de intervenção federal, publicado na última sexta-feira, mas foram antecipadas após o presidente Michel Temer tomar a medida.

Em nota, a Seap informou que a “intervenção abrange todos os setores da segurança pública e, dessa forma, coube ao secretário antecipar algumas medidas de controle, na intenção de evitar qualquer reação da população carcerária”. Questionada, a secretaria não detalhou quais seriam as “medidas de controle”.

 

Fonte: veja

Continue lendo

Notícias

Prefeitura do Rio recomenda que população antecipe volta do carnaval por causa da chuva

Publicado

em

whatsapp-image-2018-02-18-at-13.23.59

Com previsão de chuva forte para a noite deste domingo (18), o Centro de Operações da Prefeitura do Rio aconselha que a população antecipe a volta para casa após o feriado de carnaval. De acordo com informações do Alerta Rio, a cidade deve receber pancadas de chuva moderada a forte desde o início da tarde.

O período para a ocorrência de chuva é entre a tarde deste domingo (18) e o início da madrugada desta segunda-feira (19/02). A chuva deverá vir acompanhada de raios e de rajadas moderadas a fortes de vento.

O COR informa ainda que a cidade continua em Estágio de Atenção. Apesar das condições climáticas favoráveis, a Prefeitura está dando continuidade no de recuperação dos estragos causados pelo temporal que atingiu o Rio na quinta-feira (15).

Alguns bairros da cidade, como Jardim Botânico e Rio Comprido, registraram chuva já no início da tarde deste domingo (18). Apesar do forte calor na parte da manhã, o tempo seguia nublado durante a tarde.

Fonte: g1

Continue lendo

Notícias

Ataque a bar na zona rural deixa dois mortos e quatro feridos

Publicado

em

Duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas na noite deste sábado (17/2) após serem baleados em um bar localizado na entrada de Buracica, na zona rural de Alagoinhas. Segundo a polícia, testemunhas informaram que aproximadamente seis homens armados e encapuzados chegaram por volta das 22h, estacionaram os veículos às margens da BR 110 e foram a pé até o estabelecimento, sendo que três ficaram na porta e três entraram no bar. Em seguida, efetuaram diversos disparos de arma de fogo contra as pessoas que estavam no local.

De acordo com informações da polícia, seis homens foram baleados, sendo que dois identificados como José Avelino Chaves Batista, de 23 anos e Carlos Roberto Santos, 51, morreram no local. Dentre as vítimas de 28, 26 e 35 anos, socorridas para o Hospital Regional Dantas Bião, está um menor de 17 anos.

Ainda conforme a polícia, o bar onde ocorreu o fato é apontado como ponto de prostituição e de venda de drogas. No local foram encontrados estojos de vários calibres de arma de fogo 9mm, .38 e .380.

O caso está sendo investigado pela polícia civil. Os corpos das vítimas foram removidos para o Instituto Médico Legal.

 

Fonte: aratu

Continue lendo
Publicidade

+Vistos