conecte-se conosco

Notícias

Bebê é encontrado abandonado dentro de carrinho em Lauro de Freitas

Publicado

em

Bebê-é-encontrado-abandonado-dentro-de-carrinho-em-Lauro-de-Freitas-768×464.jpg

Um bebê de apenas oito meses foi encontrado abandonado dentro de um carrinho em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. A criança foi localizada pela Polícia Militar na noite de segunda-feira (12/2).

O comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) RMS, coronel Alfredo Nascimento, informou que os agentes faziam o patrulhamento durante a operação Carnaval quando um folião relatou ter visto uma criança sozinha. As equipes fizeram uma varredura e o encontraram.

“Gratificante ajudarmos uma criança em situação vulnerável. Por outro lado a irresponsabilidade dos pais reflete também um pouco do problema que nós temos atualmente com adolescentes envolvidos com crimes”, lamentou o oficial. O bebê foi levado para o posto policial, onde foi feito o contato com o Conselho Tutelar.

Notícias do Brasil e do mundo você encontra aqui. Leia, comente, compartilhe e assista nossos programas. NBO - Um Novo Brasil Online começa aqui.

Notícias

Autor de homicídios é preso durante abordagem em rodovia

Publicado

em

Autor de homicídios é preso durante abordagem em rodovia


Autor de homicídios nas cidades de Ribeira do Pombal e Tucano, Rodrigo de Jesus Santos, conhecido como ‘Guigui’, foi preso na noite do domingo, 22, no entrocamento da BA-393 com a BR- 110, enquanto trafegava com uma motocicleta com faróis apagados, em companhia de Vanílton dos Santos Souza.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), durante a abordagem, policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Nordeste) encontraram com a dupla um revólver calibre 32, 900 gramas de maconha e uma balança. A motocicleta Honda/CG Titan, de placa DKL-3451, foi apreendida.

“Com a prisão de Rodrigo de Jesus, identificado na região por já ter cometido inúmeros homicídios, esperamos que diversos deles sejam esclarecidos”, explicou o comandante da Cipe/Nordeste, major Wellington Morais dos Santos, por meio de nota da SSP-BA.

Eles foram autuados em flagrante por porte de arma de fogo e tráfico de drogas. O material apreendido foi levado para Delegacia Territorial de Ribeira do Pombal (DT).



Source link

Continue lendo

Notícias

Primeiro dia de vacinação contra a influenza tem procura intensa

Publicado

em

Vacinação no 14° Centro de Saúde Mário Andréa (Sete Portas) - Foto: Luciano da Matta l Ag. A TARDE


O primeiro dia da 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, em Salvador, registrou intensa procura nos postos da capital baiana. Na rede pública, só quem faz parte dos grupos de risco pode tomar a dose, que deverá ser aplicada até o dia 1º de junho, dia do encerramento da campanha.

Em 2018, o Ministério da Saúde comprou 60 milhões de doses para imunizar cerca de 54 milhões de pessoas com risco de desenvolver complicações da doença, no país. Para a Bahia, são 4 milhões de doses – 650 mil para Salvador –, segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

O público-alvo é formado por crianças de seis meses até 5 anos, grávidas, mulheres que tiverem parido em até 45 dias, idosos a partir de 60 anos, doentes crônicos (apresentar prescrição médica), detentos, professores e profissionais de saúde.

Segundo informações da subcoordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Doiane Lemos, 126 postos oferecem a vacina. A dose fornece proteção contra três tipos de influenza: dois do tipo A (H1N1 e H3N2) e uma do tipo B.

Movimento

No 14º Centro de Saúde Mário Andréa, na Sete Portas, o movimento foi intenso durante boa parte da manhã desta segunda. A demanda majoritária era formada por idosos, grávidas, mulheres recém paridas e crianças.

Com o cartão de vacinação atualizado, o aposentado Juvêncio Mendes, 71 anos, correu para o posto. “Depois de velho, a gente não pode vacilar”, disse, bem humorado, o morador de Vila Laura.

Não paravam de chegar idosos à procura de informações sobre a vacinação, a exemplo do casal Márcio, 68, e Maria da Silva, 69 anos. “A campanha deveria ser antecipada para logo depois do Carnaval, pois a cidade fica cheia de gente que vem de fora”, completou Márcio.

A subcoordenadora de imunização da SMS informa que as doses estão disponíveis, gratuitamente, apenas para os grupos de risco. “É o Ministério da Saúde que estabelece o público prioritário. Quem não faz parte deve recorrer à iniciativa privada”.

Segundo dados da Sesab, do início do ano até a primeira quinzena deste mês, na Bahia, foram registrados 323 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 31 mortes. Destes, 65 foram casos de influenza, 53 deles do tipo A H1N1, com 12 mortes. No mesmo período do ano passado, foram computados 146 de SRAG, que evoluíram para 11 mortes. Desse total, 13 foram confirmados como influenza, com dois casos do tipo A H1N1, mas sem mortes.

Os casos de H1N1 foram confirmados em 16 municípios em 2018. As mortes foram registradas em Salvador (8 casos), Camaçari (1), Lauro de Freitas (1), Saúde (1) e Serrinha (1).



Source link

Continue lendo

Notícias

Mais de 1,4 mil travestis e transexuais pediram nome social no título

Publicado

em

Mais-de-14-mil-travestis-e-transexuais-pediram-nome-social-no-título.jpg


Levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que, até a última semana, 1.465 travestis e transexuais haviam solicitado à Justiça Eleitoral a inclusão do nome social no título de eleitor e que 791 eleitores tinham pedido alteração da identidade de gênero no Cadastro Eleitoral. Os dados parciais foram divulgados nesta sexta-feira, 20.

Os pedidos começaram a ser apresentados aos cartórios eleitorais no dia 3 deste mês. A opção pela autoidentificação foi reconhecida pelo TSE em sessão administrativa realizada no dia 1º de março deste ano. Nome social é a forma como transexuais ou travestis querem ser reconhecidos socialmente. Já a identidade de gênero estabelece com que gênero (masculino ou feminino) a pessoa se identifica.

>> TSE convoca coletiva sobre título de eleitor de transexuais

>> Transexuais e travestis podem incluir nome social no título de eleitor​

Quem optar pela mudança no cadastro eleitoral – inclusive a emissão de novo título com o nome social – tem prazo até 9 de maio para fazer o registro, já válido para as eleições gerais de outubro. A inclusão do nome social e a atualização da identidade de gênero podem ser feitas no cartório ou no posto de atendimento que atenda à zona eleitoral da pessoa interessada. Basta apresentar um documento de identificação com foto no ato da solicitação, informa o TSE.

Em todo o país

Segundo o TSE, os pedidos foram apresentados por eleitores de 551 municípios de todos os estados e do Distrito Federal, incluindo 25 capitais. Apenas as capitais de Sergipe (Aracaju) e do Piauí (Teresina) não tinham nenhum pedido registrado até a última semana.

A pesquisa também mostra que 678 eleitores do gênero atual masculino pediram a inclusão do nome social no título, em comparação com as solicitações de 787 pessoas registradas como do gênero feminino. O município com mais requerimentos para inserção do nome social foi São Paulo, com 129 solicitações, 68 de eleitores do gênero atual feminino e 61 do masculino.

A população trans precisa ser ‘visibilizada’, e essa iniciativa é superimportante para garantir a cidadania dessas pessoas

Keila Simpson, presidente da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra)


A alteração do gênero e a respectiva inserção do nome social no Cadastro Eleitoral foi solicitada por 235 eleitores do gênero atual masculino e 556 do feminino. A capital paulista também foi a cidade com o maior número de solicitações: 73, no total.

Mutirão

Para a presidente da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra), Keila Simpson, avalia que o processo de inclusão do nome social no título e a mudança de gênero no cadastro eleitoral são iniciativas que resguardam o direito dessa população. “A população trans precisa ser ‘visibilizada’, e essa iniciativa é superimportante para garantir a cidadania dessas pessoas”, avalia. Sobre os números apresentados pelo TSE, Keila considerou o resultado ainda pequeno, levando em conta o tamanho da comunidade trans em todo o país, e questionou a divulgação de dados parciais.

“Soltar um número preliminar, dentro de uma iniciativa tão importante como essa, tem um lado positivo, mas pode desanimar que ainda não fez a solicitação. No caso de Teresina, por exemplo, em que o TSE diz que não houve registro, sabemos de amigas que fizeram a solicitação, que talvez ainda não tenha sido computada nessa parcial”, afirmou.

Keila informou que a Antra iniciará um mutirão, na semana que vem, para que travestis e transexuais de todo o país possam ir aos cartórios eleitorais solicitar a inclusão do nome social e eventual alteração na identidade de gênero.

Na opinião de Keila, outro fator que pode estar pesando no baixo número de solicitações é a expectativa em torno da regulamentação, pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), do dia 1º de março, que garantiu às pessoas transexuais e transgêneros o direito de alterar nome e sexo no registro civil sem necessidade de fazer cirurgia de redesignação sexual, nem de apresentar laudo médico pericial.

A maioria da Corte também decidiu que não é mais preciso ter autorização judicial para fazer a mudança, ou seja, os processos de retificação do registro civil vão ocorrer por via administrativa, sem necessidade de judicialização. “Talvez muitas pessoas não tenham ido fazer a mudança no cartório eleitoral por estarem esperando a regulamentação do Acórdão 4.275 do STF para poder retificar os documentos pessoais todos de uma vez”, acrescentou Keila Simpson.



Source link

Continue lendo
Publicidade HTML tutorial

+Vistos