conecte-se conosco

Notícias

Cinco internos da Case se destacam em nota do Enem

Publicado

em

750_case-internos-salvador-enem_2018131233115561.jpg

Antes de atravessar o portão verde da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case), em Tancredo Neves, é preciso permitir que o silêncio e a solidão que avizinham o local enterrem os preconceitos do lado de fora.

Lá dentro, entre os 464 adolescentes que cumprem medida socioeducativa, cinco se destacam pelas notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL).

De um total de 20 jovens inscritos pela Fundação da Criança e Adolescente (Fundac), Roberto Costa**, 19, Mário Conceição**, 16, Felipe Silva**, 17, Carlos Santos**, 20, e Cláudio Lima**, 19, foram os únicos que não zeraram nenhum dos quatro cadernos nem a redação.

“Nesse último ano, executamos várias medidas para melhorar a educação dentro das Cases e oferecer oportunidades, incluindo trabalhos lúdicos, como por exemplo, o contato com grupos do Olodum e Neojibá”, diz o titular da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins.

Dois deles estão internados há um ano e 9 meses, outro há 10 meses e, o último, há 2 anos e 9 meses. As médias totais alcançadas variam entre 400 e 490. As notas suficientes para os cursos de psicologia, agropecuária, história e educação física, que almejavam. “Eu gosto de livros de história sobre a 2ª Guerra Mundial. Leio romances. Também livros de Augusto Cury. A leitura ajudou na redação”, diz Roberto.

Os adolescentes recebem o suporte de 16 professores estaduais e 11 municipais, além de equipe de psicólogos e assistentes sociais. As unidades de ensino que dão suporte ao local são o Colégio Estadual Governador Roberto Santos (anexo) e a Escola Municipal Carlos Formigli.

Para Carlos Santos, cursar agropecuária seria a possibilidade de falar com mais propriedade sobre o movimento sem terra, do qual a mãe faz parte. “Leio livros técnicos sobre o assunto, mas também foco em redação e matemática”.

A diretora da Fundac, Regina Affonso, destaca que os resultados fazem parte de um processo educativo visando, também, a profissionalização, por meio de parcerias com o Instituto federal da Bahia (Ifba) e o Senai.

“Visamos a reconstrução do adolescente a partir do momento em que ele é internado. O nosso olhar não é sobre o que eles fizeram lá fora, mas proporcionar ferramentas para que possam construir uma nova vida a partir de ações desenvolvidas na Case”, explica.

O apoio dos pais, também, é fundamental para que os adolescentes consigam passar pelo processo socioeducativo e de reinserção social “Percebemos um fortalecimento do vínculo familiar. Além disso, englobamos a diversidade de religiões”, frisa o coordenador técnico de internação provisória, Girlonel Donatividade.

Sobre as mudanças que ocorreram após contato maior com os livros, os cinco são unânimes em afirmar que as páginas, as aulas e as ações de esporte e música contribuíram para o desejo de mudança de vida.

“Aqui dentro mudamos nossa forma de pensar. Não quero mais fazer coisa errada, quando sair daqui vou mudar de vida e mudar a imagem de pobre, preto, favelado e ladrão”, diz Felipe

**Nomes fictícios

Fonte:atarde

Notícias do Brasil e do mundo você encontra aqui. Leia, comente, compartilhe e assista nossos programas. NBO - Um Novo Brasil Online começa aqui.

Notícias

Estado lança Campanha de Vacinação contra febre amarela em Lauro de Freitas

Publicado

em

IMG-20180218-WA0003.jpg

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, fará o lançamento da campanha estadual de vacinação fracionada contra a Febre Amarela nesta segunda-feira (19), às 7h30, em Lauro de Freitas, junto com a prefeita Moema Gramacho. Eles acompanharão a vacinação na Unidade de Saúde da Família (USF) do Caji/Vida Nova.
Além de Lauro de Freitas, sete municípios baianos iniciam a campanha de vacinação contra Febre Amarela com doses fracionadas. A meta é que pelo menos 95% da população de Camaçari, Candeias, Itaparica, Lauro de Freitas, Mata de São João, Salvador, São Francisco do Conde e Vera Cruz seja imunizada até o dia 9 de março, quando acaba a campanha.
A vacinação é destinada a pessoas a partir dos dois anos de idade, inclusive indígenas, desde que não apresentem condições clínicas especiais. Todos que já tiverem tomado a vacina ao longo da vida não terão a necessidade de receber nova dose. A intenção é proteger o maior número de pessoas contra a Febre Amarela, em localidades com grande contingente populacional e que tem evidência de circulação do vírus e risco elevado de transmissão da doença.
Estudos realizados pela Fiocruz/RJ demonstram que a utilização da dose fracionada da vacina protege o indivíduo por pelos menos oito anos. Após esse período, deve ser feito o reforço da imunização.
*Dose Padrão*
Durante a campanha, a dose padrão será disponibilizada apenas para crianças de 9 meses a menores de dois anos de idade, gestantes com indicação escrita do médico, viajante internacional que necessite a emissão do certificado internacional de vacinação e profilaxia e para pessoas que apresentarem condições clínicas especiais avaliadas pelo serviço de saúde.
*Casos de febre amarela*
No ano 2000, na Bahia, foram confirmados dez casos de Febre Amarela Silvestre em pessoas residentes nos municípios de Coribe e Jaborandi. Deste total, três foram a óbito. Estes foram os últimos casos autóctones (quando a infecção acontece no próprio local de residência) registrados no estado. Em 2018 houve a confirmação de um caso importado de Febre Amarela.

Continue lendo

Notícias

Polícia transfere sequestradores capturados em São Paulo para Salvador

Publicado

em

pagedd-768×464.jpg

Os quatro criminosos envolvidos no sequestro do ex-prefeito da cidade Valença chegaram a Salvador, no final da tarde deste sábado (17/2). Uma aeronave do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar foi utilizada para fazer a transferência de São Paulo para capital baiana.

Márcio Reis dos Santos, o ‘Bradock’, Geraldo Alves de Carvalho Neto, Carlos Eduardo Rabello e André Luís Maciel Santos foram capturados pelo Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil, na última quarta-feira (14/2), na cidade paulista de Caçapava. A investigação foi desempenhada em parceria com a Superintendência de Inteligência da SSP.

O quarteto participou do sequestro de Ramiro José Campêlo de Queiroz, no mês de janeiro de 2018. Além das prisões, foram recuperados $ 451 mil pagos pela família. “Eles prestarão novamente depoimentos e em seguidas serão encaminhados para o sistema prisional”, contou o delegado do Draco, Cleandro Pimenta.

Fonte: aratu

Continue lendo

Notícias

Prefeitura realizou mais de 400 atendimentos na feira Mais Saúde Perto de Você neste sábado

Publicado

em

WhatsApp Image 2018-02-17 at 22.17.13

Criado para oferecer atendimento médico às comunidades que não tem cobertura de equipes de Saúde da Família, a Prefeitura de Lauro de Freitas levou o projeto Mais Saúde Perto de Você para o loteamento Leila Diniz, no Parque São Paulo, em Itinga, neste sábado (17/2). No local, foram oferecidos serviços como consulta com clínico, preventivo, teste rápido, vacinação humana a animal, além de orientações para escovação bucal, entre outros.
A ação, que contou com o trabalho e empenho de 100 profissionais de saúde do município, conseguiu atender cerca de 430 pessoas, dentre adultos e crianças durante todo o dia.
De acordo com o secretário de saúde do município, o médico Erasmo Moura, atividades como essa são de extrema importância para prestar serviços básicos de saúde para quem mais precisa, ou não tem acesso fácil a esses serviços.
“É uma área onde ainda não temos um serviço de saúde disponível, por isso nós escolhemos ir lá. Até o final da gestão, pretendemos suprir essas falhas ocasionadas pela falta de recurso”, contou.

WhatsApp Image 2018-02-17 at 22.17.15
Essa foi a segunda edição do projeto Mais Saúde Perto de Você. A primeira ação do projeto aconteceu em dezembro de 2017, no Residencial Quinta da Glória, onde cerca de 310 pessoas receberam atendimentos com as mesmas especialidades disponíveis hoje.
Ainda de acordo com o secretário, a próxima atividade acontecerá no dia 10 de março, no Residencial Dona Lindú. “Hoje nós temos 60% do município coberto pela saúde. Sendo assim, criamos esse projeto para mensalmente ir até as comunidades”, concluiu.

WhatsApp Image 2018-02-17 at 22.17.19
Para a dona de casa, Jerusa da Silva, é essencial que o poder público se preocupe com a saúde da população, ofereça condições e preste um serviço de qualidade para as famílias mais carentes.
“Esse projeto é muito bacana porque vai perto da casa das pessoas. A gente mora distante e muitas vezes deixa de ir ao médico pelo deslocamento”.

WhatsApp Image 2018-02-17 at 22.17.17

Continue lendo
Publicidade

+Vistos