conecte-se conosco

Notícias

Inema faz soltura de 30 carcarás na RPPN Lontra

Publicado

on

Técnicos do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e do Salvador Bahia Airport realizaram, no dia 25 de junho, a soltura de 30 gaviões carcará (Caracara plancus) na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Lontra, localizada nos municípios de Entre Rios e Itanagra, litoral norte da Bahia. As aves foram resgatadas pela equipe de gerenciamento de fauna do aeroporto de Salvador em situação de risco para si e para as aeronaves. Pertencente à Bracell, a RPPN Lontra é credenciada pelo Inema para acolher animais silvestres resgatados pelos órgãos ambientais devido ao elevado grau de preservação de sua floresta.

A bióloga Havany Fontana, coordenadora da equipe de gerenciamento de fauna do aeroporto, explica que se trata de um trabalho de redução de ameaças da fauna naquela área. “Capturamos aves que podem colidir com as aeronaves e as transferimos para áreas mais seguras”, diz. Segundo ela, o gavião carcará é uma das espécies propensas a colisões com aviões no aeroporto de Salvador. Mas há ainda corujas, entre outros animais, inclusive terrestres, como tatus, serpentes e quero-queros que também são bastante comuns naquela região e igualmente resgatados em um trabalho que ocorre “de domingo a domingo”.

Em condições normais, o aeroporto de Salvador opera com uma média diária de 215 pousos e decolagens. Como resultado da implantação do plano de gerenciamento de fauna, em 2018, a equipe que atua no local catalogou mais de 200 espécies de aves na região e reduziu em 80% o número de colisões desses animais com aeronaves, preservando a biodiversidade e a segurança da aviação.

O veterinário Vinícius Dantas, coordenador técnico do Zoológico de Salvador, órgão vinculado ao Inema, participou da soltura das aves. Ele explica que os gaviões carcará soltos na Lontra fazem parte de um grupo de 100 aves da espécie resgatadas, recentemente, nas imediações do aeroporto e encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do zoológico. Os demais 70 carcarás aguardam definição de um local onde possam ser liberados, já que há poucas unidades cadastradas aptas para acolher animais que necessitam ser reintegrados. “Existe uma grande quantidade de animais que vêm sendo entregues aos cuidados do zoológico, entre jiboias e aves de rapina, que precisam ser soltos na natureza. Mas há uma carência de áreas aptas a acolher estes animais na região”, afirma.

Igor Macedo, especialista em Meio Ambiente da Bracell, diz que, sozinha, a RPPN Lontra não pode receber todos os gaviões devido ao equilíbrio ambiental na reserva. De acordo com ele, um número muito grande de carcarás poderia colocar em risco uma série de espécies de répteis e anfíbios existentes na Lontra, que são presas naturais de aves de rapina deste porte. “A Lontra foi escolhida para a soltura exatamente por conta de seus aspectos de conservação e por abrigar as características ideais para abrigar esta espécie”, acrescenta.

Sobre a Lontra

Com 1.377 hectares, a Lontra é a segunda maior RPPN do litoral norte da Bahia, ficando atrás apenas da Subaumirim Gleba A, com 1.607 hectares, também pertencente à Bracell. Considerada uma das principais áreas de vegetação nativa da região, a Lontra abriga centenas de espécies da fauna e flora silvestres, tendo sido reconhecida em 2019, pela Unesco, como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA).

A Bracell

Uma das líderes mundial em celulose solúvel, a Bracell possui unidades florestais e industriais na Bahia – com plantios de eucalipto em 31 municípios do litoral norte e agreste do estado e fábrica no Polo de Camaçari – e em São Paulo, no município de Lençóis Paulista. Quando concluir, em 2021, o projeto de expansão da fábrica em São Paulo, a empresa irá produzir aproximadamente 2 milhão de toneladas anuais. Além de unidades produtivas no Brasil, a empresa conta com sede administrativa em Cingapura e escritórios de vendas na Ásia, Europa e nos Estados Unidos.

A Bracell norteia suas operações pela filosofia 5C do Grupo RGE, do qual faz parte, que orienta que as operações da empresa devem ser boas para a comunidade, o clima, o país, o cliente e, somente assim, serão boas para própria empresa.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

82 PMs recebem Espadim Tiradentes e caminham para se tornar oficiais

Publicado

on


Oitenta e dois alunos-a-oficial do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar da Bahia (PMBA) receberam, na tarde desta sexta-feira (22), durante cerimônia realizada na área cívica da Vila Policial Militar do Bonfim, no bairro do Dendezeiros, o Espadim Tiradentes – arma símbolo da corporação, adotada nos anos 60. Evento marca o ingresso dos alunos na Academia da Polícia Militar.

As aulas da turma coronel PM Sigfried Frazão Keysselt tiveram início, em julho deste ano, com uma turma mista integrada por 75 homens e sete mulheres. 

Neste primeiro ano, os alunos se empenharão no conhecimento de disciplinas das áreas de humana, jurídica, além de técnica e tática, abordagem policial, passando por análises de risco em segurança pública e criminal, além de direito eleitoral. 

“Desejo a todos os alunos e alunas uma excelente caminhada até o oficialato. Em breve contaremos com vocês, dando segurança a baianos e turistas”, comentou o secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino, que entregou a honraria ao primeiro colocado da turma, aluno-a-oficial Luís Leonardo Umburana.

Participaram da solenidade, além do secretário da SSP, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, entre outras autoridades, familiares e convidados.

Fonte: Ascom/ SSP-BA

Pamela Simplício

Link



Continue lendo

Internacional

Brasil vai priorizar temas como saúde, tecnologia e meio ambiente

Publicado

on


As áreas da saúde, tecnologia, produção de energia e meio ambiente serão as prioridades do Brasil no próximo encontro do G20, grupo formado pelas 20 maiores economias do mundo, nos dias 30 e 31, em Roma, capital da Itália.

Segundo o secretário de Comércio Exterior e Assuntos Econômicos do Itamaraty, Sarquis José Sarquis, serão tratados assuntos sobre economia e saúde global, mudanças do clima e desenvolvimento sustentável.

“Eles terão uma discussão dividida, estruturada em três sessões. A primeira sobre economia global e saúde global. A segunda sobre mudança do clima e meio ambiente. A terceira sobre desenvolvimento sustentável. Também terão trocas informais de impressões, comentários sobre dois grandes temas que estarão em eventos paralelos, que tratarão de apoio a pequenas e médias empresas comandadas por mulher”, disse o secretário. Outro evento paralelo, segundo Sarquis, será sobre o papel do setor privado na luta contra a mudança do clima.

Em entrevista à Voz do Brasil, Sarquis afirmou ainda que outro ponto em discussão será um comércio internacional com menos barreiras tarifárias. Além das reuniões do G20, o presidente Jair Bolsonaro e os ministros vão participar de encontros bilaterais.

“Alguns países como os da União Europeia, Estados Unidos e mesmo países emergentes como China e Índia, que são grandes economias, têm programas de apoio doméstico que visam a subsidiar a produção agrícola. Alguns desses subsídios são justificados quando aplicados à população carente e assim sucessivamente. Mas outros acabam distorcendo as condições de mercado, acabam reduzindo preços de alimentos de forma artificial, o que faz com que países que são muito competitivos em alimentos, em produtos agrícolas como Brasil, Argentina e outros países da América do Sul, não tenham condições de se beneficiar desses mercados”, argumentou.  

Ouça na Radioagência Nacional:

Cúpula do G20

O G20 irá antecipar alguns debates previstos para a COP26, a Cúpula sobre Mudanças Climáticas da ONU, marcada para 31 de outubro a 12 de novembro, na cidade de Glasgow, na Escócia.

Nesta sexta-feira (22), representantes do governo brasileiro e da União Europeia fizeram uma reunião virtual sobre o clima. O chefe de gabinete do Ministério das Relações Exteriores, Achilles Zaluar, afirmou que a ideia é construir consenso sobre o assunto.

A Cúpula do G20 vai marcar a retomada das reuniões presenciais do grupo. No ano passado, o encontro foi virtual por causa da pandemia de covid-19. Parte da comitiva que representa o Brasil embarca neste domingo.

*Com informações de Victor Ribeiro, da Rádio Nacional



Continue lendo

Bahia

Ministério da Economia indica Paulo Valle para Secretaria do Tesouro

Publicado

on


O Ministério da Economia confirmou no início da noite de hoje (22) que o atual subsecretário de Previdência Complementar do Ministério do Trabalho e Previdência, Paulo Valle, assumirá a Secretaria do Tesouro Nacional. 

Com especialização em Economia pela George Washington University, Valle é servidor de carreira do Tesouro e tem larga experiência em funções públicas.

De 1999 a 2006, Valle foi coordenador-geral de Operações da Dívida Pública. De 2006 a 2015, foi subsecretário da Dívida Pública do Tesouro. De dezembro de 2015 a março de 2018, ocupou a presidência da Brasilprev, subsidiária de previdência complementar aberta do Banco do Brasil.

A pasta também anunciou hoje que o ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento.

Exoneração

Os ex-titulares do Tesouro e Orçamento Bruno Funchal, e do Tesouro Nacional Jeferson Bittencourt, pediram exoneração de seus cargos nesta quinta-feira. 

A secretária especial adjunta do Tesouro e Orçamento, Gildenora Dantas, e o secretário adjunto do Tesouro Nacional, Rafael Araujo, também pediram exoneração.

Em nota, o Ministério da Economia informou que as decisões foram de ordem pessoal.

 



Continue lendo

Mais Vistos