conecte-se conosco

Notícias

Mercado de games segue aquecido durante a quarentena – Portal RBN

Publicado

on


Apesar da quarentena ter sido marcada por uma crise econômica que afetou vários setores, o mercado de games parece não ter sofrido tanto os efeitos da crise, muito pelo contrário, foi um dos únicos impactados positivamente em meio à pandemia. Uma pesquisa realizada pela SuperData, consultoria especializada no mercado de games, mostra que os gastos no mundo com jogos digitais em março deste ano ultrapassaram a marca de US$ 10 bilhões, quando as medidas de isolamento social foram colocadas em práticas.

Já uma pesquisa da consultoria Nielsen Brasil feita no mesmo período, mostra que consoles tiveram crescimento de 137% de vendas no varejo, enquanto jogos e periféricos subiram 103%, comprovando a tendência de crescimento mundial. A fabricante nacional de equipamentos de proteção de energia, TS Shara, também constatou aquecimento nas vendas nas linhas de nobreaks para PC gamer, acompanhando a demanda do mercado.

“O mercado de games no Brasil evoluiu muito e se profissionalizou, o que fez com que o consumidor ficasse mais atento à preservação dos seus investimentos. Além de periféricos e acessórios, o nobreak hoje se tornou uma peça-chave na hora de jogar tão importante quando o computador. Além de proteger os PCs contra as instabilidades da rede elétrica, que diminuem a vida útil das máquinas, os nobreaks conectados ao PC game asseguram ao jogador uma boa experiência, evitando a interrupção das partidas ocasionadas pela falta de energia, muito comuns em determinadas épocas do ano em um país com dimensões continentais”, afirma Pedro Al Shara, CEO da TS Shara.

De acordo com o CEO da TS Shara, o mercado Gamer tem se mostrado tão promissor que nos últimos anos a empresa tem dedicado uma linha específica para atender o segmento. “O nobreak do tipo Senoidal é o mais indicado para trabalhar com máquinas de alto desempenho, como é o caso dos PCs gamers, porque foi desenvolvido para equalizar e equilibrar as ondas em seu formato mais puro. Ou seja, esse tipo de nobreak acaba padronizando o fornecimento de energia a fim de garantir a segurança e o funcionamento correto destes aparelhos de alto custo, que são muito sensíveis a eventuais descargas elétricas”, explica.

Além de integrar as funções de filtro de linha e estabilizador, o nobreak do tipo Senoidal também conta com uma poderosa bateria que oferece autonomia para que consoles e computadores continuem operando, mesmo quando ocorre a falta de energia. “A duração da autonomia vai depender da quantidade de dispositivos conectados ao nobreak, mas caso o jogador queira aumentá-la por até uma hora ou mais, basta incluir módulos externos de bateria no equipamento. Com isso, é possível ganhar tempo suficiente para encerrar partidas online e salvar o progresso feito no jogo com segurança, sem afetar o seu desempenho”, conclui Al Shara.

Sobre a TS Shara

Com 30 anos de atuação, a TS Shara é uma empresa nacional, e uma das líderes de mercado, fabricante de nobreaks, inversores e estabilizadores de tensão e protetores de rede inteligente. No segmento de baixa e média potência, é hoje uma das maiores e mais produtivas empresas no mercado brasileiro de equipamentos de proteção e energia, oferecendo uma linha completa de produtos que somam mais de 200 itens para atender o mercado SOHO.

Com fábrica em São Paulo, a empresa está presente em todo o país por meio de 250 unidades de assistência técnica, além de revendedores e distribuidores que juntos totalizam mais de 380 canais, além de exportar para mais de 15 países.

Todos os produtos fabricados pela TS Shara passam por um rigoroso controle de qualidade e são homologados em importantes centros de pesquisas e desenvolvimento, como o laboratório da TÜV Rheinland, acreditado pelo Inmetro. A TS Shara possui ainda importantes reconhecimentos, entre eles, o Certificado de Qualidade de acordo com a norma ISO 9001, que a empresa mantém há mais de dez anos.



Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

82 PMs recebem Espadim Tiradentes e caminham para se tornar oficiais

Publicado

on


Oitenta e dois alunos-a-oficial do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar da Bahia (PMBA) receberam, na tarde desta sexta-feira (22), durante cerimônia realizada na área cívica da Vila Policial Militar do Bonfim, no bairro do Dendezeiros, o Espadim Tiradentes – arma símbolo da corporação, adotada nos anos 60. Evento marca o ingresso dos alunos na Academia da Polícia Militar.

As aulas da turma coronel PM Sigfried Frazão Keysselt tiveram início, em julho deste ano, com uma turma mista integrada por 75 homens e sete mulheres. 

Neste primeiro ano, os alunos se empenharão no conhecimento de disciplinas das áreas de humana, jurídica, além de técnica e tática, abordagem policial, passando por análises de risco em segurança pública e criminal, além de direito eleitoral. 

“Desejo a todos os alunos e alunas uma excelente caminhada até o oficialato. Em breve contaremos com vocês, dando segurança a baianos e turistas”, comentou o secretário da Segurança Pública, Ricardo César Mandarino, que entregou a honraria ao primeiro colocado da turma, aluno-a-oficial Luís Leonardo Umburana.

Participaram da solenidade, além do secretário da SSP, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Coutinho, entre outras autoridades, familiares e convidados.

Fonte: Ascom/ SSP-BA

Pamela Simplício

Link



Continue lendo

Internacional

Brasil vai priorizar temas como saúde, tecnologia e meio ambiente

Publicado

on


As áreas da saúde, tecnologia, produção de energia e meio ambiente serão as prioridades do Brasil no próximo encontro do G20, grupo formado pelas 20 maiores economias do mundo, nos dias 30 e 31, em Roma, capital da Itália.

Segundo o secretário de Comércio Exterior e Assuntos Econômicos do Itamaraty, Sarquis José Sarquis, serão tratados assuntos sobre economia e saúde global, mudanças do clima e desenvolvimento sustentável.

“Eles terão uma discussão dividida, estruturada em três sessões. A primeira sobre economia global e saúde global. A segunda sobre mudança do clima e meio ambiente. A terceira sobre desenvolvimento sustentável. Também terão trocas informais de impressões, comentários sobre dois grandes temas que estarão em eventos paralelos, que tratarão de apoio a pequenas e médias empresas comandadas por mulher”, disse o secretário. Outro evento paralelo, segundo Sarquis, será sobre o papel do setor privado na luta contra a mudança do clima.

Em entrevista à Voz do Brasil, Sarquis afirmou ainda que outro ponto em discussão será um comércio internacional com menos barreiras tarifárias. Além das reuniões do G20, o presidente Jair Bolsonaro e os ministros vão participar de encontros bilaterais.

“Alguns países como os da União Europeia, Estados Unidos e mesmo países emergentes como China e Índia, que são grandes economias, têm programas de apoio doméstico que visam a subsidiar a produção agrícola. Alguns desses subsídios são justificados quando aplicados à população carente e assim sucessivamente. Mas outros acabam distorcendo as condições de mercado, acabam reduzindo preços de alimentos de forma artificial, o que faz com que países que são muito competitivos em alimentos, em produtos agrícolas como Brasil, Argentina e outros países da América do Sul, não tenham condições de se beneficiar desses mercados”, argumentou.  

Ouça na Radioagência Nacional:

Cúpula do G20

O G20 irá antecipar alguns debates previstos para a COP26, a Cúpula sobre Mudanças Climáticas da ONU, marcada para 31 de outubro a 12 de novembro, na cidade de Glasgow, na Escócia.

Nesta sexta-feira (22), representantes do governo brasileiro e da União Europeia fizeram uma reunião virtual sobre o clima. O chefe de gabinete do Ministério das Relações Exteriores, Achilles Zaluar, afirmou que a ideia é construir consenso sobre o assunto.

A Cúpula do G20 vai marcar a retomada das reuniões presenciais do grupo. No ano passado, o encontro foi virtual por causa da pandemia de covid-19. Parte da comitiva que representa o Brasil embarca neste domingo.

*Com informações de Victor Ribeiro, da Rádio Nacional



Continue lendo

Bahia

Ministério da Economia indica Paulo Valle para Secretaria do Tesouro

Publicado

on


O Ministério da Economia confirmou no início da noite de hoje (22) que o atual subsecretário de Previdência Complementar do Ministério do Trabalho e Previdência, Paulo Valle, assumirá a Secretaria do Tesouro Nacional. 

Com especialização em Economia pela George Washington University, Valle é servidor de carreira do Tesouro e tem larga experiência em funções públicas.

De 1999 a 2006, Valle foi coordenador-geral de Operações da Dívida Pública. De 2006 a 2015, foi subsecretário da Dívida Pública do Tesouro. De dezembro de 2015 a março de 2018, ocupou a presidência da Brasilprev, subsidiária de previdência complementar aberta do Banco do Brasil.

A pasta também anunciou hoje que o ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento.

Exoneração

Os ex-titulares do Tesouro e Orçamento Bruno Funchal, e do Tesouro Nacional Jeferson Bittencourt, pediram exoneração de seus cargos nesta quinta-feira. 

A secretária especial adjunta do Tesouro e Orçamento, Gildenora Dantas, e o secretário adjunto do Tesouro Nacional, Rafael Araujo, também pediram exoneração.

Em nota, o Ministério da Economia informou que as decisões foram de ordem pessoal.

 



Continue lendo

Mais Vistos