conecte-se conosco

Notícias

Empresa reduz desperdício de alimentos em restaurantes com sistema Cook n’Chill

Publicado

on


Segundo pesquisa da World Resources Institute, 41 mil toneladas de alimentos são jogados fora anualmente no Brasil, sendo que 15% desse desperdício vem de estabelecimentos como restaurantes, bares e lanchonetes. Problemas como este afetam o desempenho das cozinhas, principalmente em época de crise causada pelo novo coronavírus, entretanto, algumas empresas já atuam no mercado e buscam minimizar estes danos com o sistema Cook n’ Chill, termo em inglês que significa “cozinhar e resfriar”, que diminui até 80% o consumo de alimentos nas cozinhas e mantém a qualidade das refeições preparadas.

Ainda pouco conhecido no Brasil, o Cook n’ Chill não só é capaz de reduzir desperdício na cozinha, mas também minimiza os riscos de contaminação e preserva as características nutricionais dos alimentos, sem alteração no sabor e na consistência. É a metodologia usada na Satoru Food Service Consulting (www.satorufsc.com.br), empresa fundada em 2019 responsável pela consultoria gastronômica de estabelecimentos comerciais, como bares e restaurantes. Por meio da implantação de sistemas como o Lean Kitchen, sistema japonês de gestão, em que prevalece a ideia de aumentar a produtividade com menos consumo, e o próprio Cook n’ Chill, a empresa ataca na principal dor de pequenos e médios empresários do setor, que é o custo operacional da cozinha.

Para o fundador da Satoru Food Service, Guilherme Satoru, os dois sistemas aliados são capazes de não só diminuir em 80% o desperdício de alimentos, mas também de aumentar a produtividade na cozinha em 60%. “São práticas simples como aproveitar melhor os espaços disponíveis na cozinha, usar os equipamentos mais adequados para cada projeto, resfriar os alimentos da forma correta, entre outras ações. O segredo por trás do negócio da alimentação não é vender caro, mas sim ter uma compra de ingredientes eficiente, um processo fabril a baixo custo e orientar os funcionários a realizar as tarefas com menos esforço”, destaca Satoru.

Para manter a qualidade dos alimentos, a empresa também fica responsável pela rotulagem e informação nutricional, desenvolvimento de fichas técnicas e criação de receituário padrão. “Nós propomos otimizar os processos gastronômicos por meio da análise de todo o processo de cozinha do cliente, identificando equipamentos e estrutura que melhor atenda o seu público, ou implementamos um sistema de cozinha desde o início”, explica Satoru.

Empresa reduz 15% na mão-de-obra nas cozinhas e melhora qualidade de vida dos profissionais de cozinha

Aquela imagem do chef gritando com cozinheiros cansados fisicamente e mentalmente está com os dias contados, é o que propõe Satoru. Além das vantagens para o meio ambiente, a empresa também otimiza o desempenho da equipe e promove o bem-estar dos funcionários. A implementação dos sistemas Lean Kitchen e Cook n’ Chill também possibilita a diminuição de até 15% na mão-de-obra, minimiza custos operacionais e melhora a qualidade de vida dos profissionais.

Situada em São Paulo, a Satoru Food Service atende restaurantes, bares, lanchonetes, moteis, cafeterias, supermercados e postos de gasolina que oferecem rotisserie e qualquer tipo de cozinha profissional, realiza consultoria para clientes de quatro estados brasileiros e tem como meta difundir este mercado ainda pouco conhecido no país. 

“Trabalhamos com fluxo de trabalho previsível e padronizado, o que possibilita uma equipe trabalhando de forma mais harmoniosa, sem pressão e assédio na cozinha. A cozinha é pensada nos moldes de uma indústria, onde todos os métodos são planejados para que todos se beneficiem: empresa, funcionário, meio ambiente e o consumidor”, finaliza.



Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Inflação do aluguel acumula 33,83% em 12 meses

Publicado

on


O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel em todo o país, registrou inflação de 0,78% em julho deste ano, taxa superior ao 0,60% de junho. Com o resultado, o IGP-M acumula 15,98% no ano e 33,83% em 12 meses, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), que fez a pesquisa.

A alta de junho para julho foi puxada pelos preços no atacado e no varejo. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, subiu de 0,42% em junho para 0,71% em julho. Já o Índice de Preços ao Consumidor, que apura o varejo, passou de 0,57% para 0,83% no período.

Por outro lado, a inflação do Índice Nacional de Custo da Construção caiu 2,30% em junho para 1,24% em julho.



Continue lendo

Bahia

EBC lança playlist com canções do Festival de Música Nacional FM

Publicado

on


As inscrições para o Festival de Música Nacional FM de 2021 foram prorrogadas até o dia 6 de agosto. Para inspirar músicos e compositores e já deixar os ouvintes no clima do Festival, a Rádio Nacional preparou uma playlist especial para o Spotify.

Conheça as canções originais dos vencedores das quatro últimas edições do Festival de Música Nacional. Composições que fizeram história em Brasília e na Nacional FM. Confira:

Curta e compartilhe

Além da playlist do Festival de Música Nacional, você também pode conferir o melhor da música brasileira em dez playlists para você ouvir onde e quando quiser: MPB, pop, sertanejo raiz ou universitário, forró, rock, samba, pagode, o que toca no Brasil é Nacional.

O Festival

A primeira edição do Festival Música da Nacional FM foi realizada em 2009, em consolidação a uma série de iniciativas da rádio em apoio à cultura e à música de Brasília. Desde 2015, a final do Festival e o Show dos Vencedores ocorria no Teatro da Caixa Cultural, mas, em 2020, em virtude da pandemia, o show da final foi realizado durante transmissão ao vivo. A gravação foi exibida em 1º de janeiro deste ano pela TV Brasil.

O festival desse ano premiará compositores nas seguintes categorias: Melhor Música com Letra, Melhor Música Instrumental, Melhor Intérprete Vocal, Melhor Intérprete Instrumental, Melhor Letra, Melhor Arranjo e as premiações de Música Mais Votada na Internet e Melhor Torcida.

Podem participar, com até duas músicas com letra e/ou instrumental, músicos e compositores do Distrito Federal e região do Entorno. Para se inscrever, os candidatos deverão preencher uma ficha e anexar os arquivos das músicas e documentos necessários na página oficial do festival. Caso surjam dúvidas, o contato com a coordenação do festival pode ser feito no e-mail festivalnacionalfm@ebc.com.br.

Leia aqui o regulamento completo do Festival de Música Nacional FM 2021.

Clique aqui e inscreva-se no Festival.



Continue lendo

Bahia

Portal gov.br já reúne mais de 110 milhões de usuários cadastrados

Publicado

on


Um celular na mão com internet é o suficiente para que o brasileiro tenha acesso a serviços do governo 24 horas por dia, sete dias por semana. Entre eles, estão a carteira de trabalho, carteira de motorista, solicitação e recebimento do auxílio emergencial e acesso a diversos serviços do INSS. Sem enfrentar filas, gastar dinheiro com deslocamento ou impressão de papéis.

Esses são apenas alguns exemplos e vantagens do governo digital. Iniciativa que vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil. O portal gov.br, que já reúne três mil serviços para o cidadão, completa hoje (29) dois anos. Nesse tempo, conseguiu fazer com que as visualizações mensais passassem de pouco mais de seis milhões – quando o portal foi criado, em agosto de 2019 – para mais de 164 milhões, em junho deste ano. Um aumento de 2542%.

Em dois anos, o portal já recebeu mais de 100 milhões de solicitações e já tem mais de 110 milhões de usuários do login único. Com ele, o cidadão tem acesso a todos os serviços digitais oferecidos pelos órgãos federais que disponibilizam informações e serviços por meio do gov.br.

A economia chega a R$ 3,1 bilhões por ano, sendo R$2,3 bilhões para a sociedade e R$ 800 milhões para o governo.

“O portal simplifica o acesso e a vida de todos. Isso porque os serviços federais passam a estar disponíveis de qualquer lugar, mesmo nos mais distantes ou onde não há uma agência física de órgão ou entidade”, disse o secretário Especial de Modernização do Estado da Secretaria-Geral da Presidência da República, Sérgio Queiroz. Segundo ele, concentrar tudo em um só lugar é um dos principais diferenciais do gov.br. “Isso acaba com aquela necessidade de o cidadão ser obrigado a saber qual órgão presta qual serviço. Pra ele, o governo é um só. Então, o processo de demandar precisa ser padronizado e acessado de um só lugar.”

Principais serviços

Entre os aplicativos com maior número de downloads estão a Carteira Digital de Trânsito, com mais de 22 milhões e 400 mil, a Carteira de Trabalho Digital, com mais de 17 milhões e 800 mil e o Meu INSS, com mais de 11 milhões de downloads.

O aposentado Dornelles Williams de Oliveira, de 67 anos usou o aplicativo do INSS para fazer a prova de vida. “O aplicativo é muito fácil de usar e bastante seguro. Através dele realizei minha prova de vida do INSS este ano pelo celular, de forma fácil e rápida, no conforto da minha residência”, afirmou.

As empresas também se beneficiam do governo eletrônico. Segundo Queiroz, no caso delas, se destacam serviços da Receita Federal e prestação de informações via e-Social, além da obtenção de alvarás e licenças.

O secretário destacou que públicos de todas as idades usam o gov.br. “Dos jovens que participam do Enem – e que nas duas últimas edições do exame já utilizaram a identidade digital única gov.br – ao trabalhador que solicita a aposentadoria via Meu INSS.”

A maioria dos brasileiros – 62,93% – acessa o portal pelo celular. Outros 36,48% acessam pelo desktop e apenas 0,59% pelo tablet.

De acordo com Queiroz, a expectativa é chegar ao fim de 2022 com 100% dos serviços federais disponíveis em sua forma digital no portal gov.br. “É uma decisão de governo focada no cidadão e empresas.”



Continue lendo

Mais Vistos