conecte-se conosco

Esportes

Basquete: protagonista, Damiris disputa vaga na semifinal da WNBA

Publicado

on

Se destacar no mais importante campeonato da modalidade é motivo de orgulho para um atleta. Não é diferente com Damiris Dantas. Única brasileira na WNBA (liga norte-americana de basquete feminino), ela é peça-chave do Minnesota Lynx, que disputa vaga nas semifinais nesta quinta-feira (17), contra o Phoenix Mercury às 20h (horário de Brasília). Não à toa, a ala-pivô, de 27 anos, teve o contrato renovado por mais duas temporadas antes mesmo da atual terminar.

“Aconteceu na semana passada, quando a técnica fez contato com a minha empresária. Fiquei meio surpresa, porque esperava que isso acontecesse só depois da temporada, mas fiquei muito feliz. Nem tive muito o que pensar. Fizemos um acordo e assinei. Sim, isso tira um pouquinho do peso das costas. É aquele pensamento: já estou dentro. Agora é só me preocupar em jogar mais dois anos no time e terminar bem essa temporada”, afirmou a paulista em entrevista coletiva por videoconferência.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

She’s stickin’ with us. Congrats, DD!!!

Uma publicação compartilhada por minnesotalynx (@minnesotalynx) em 10 de Set, 2020 às 11:41 PDT

Damiris é uma das únicas três atletas do Lynx que foi titular em todas as partidas da fase de classificação, com média superior a 26 minutos em quadra por duelo. Na atual temporada, ela quebrou o recorde pessoal de pontos em um jogo, assinalando 28 na vitória de 86 a 83 sobre o Chicago Sky, no dia 2 de setembro, com 100% de aproveitamento nas bolas de três pontos. Foi a quinta melhor atuação de um atleta brasileiro, homem ou mulher, no basquete norte-americano.

“A técnica queria isso de mim, que eu jogasse mais, chamasse a responsabilidade, que teria mais jogadas para definir. Isso foi acontecendo e fui me soltando mais”, explicou a ala-pivô, que teve que se adaptar a uma nova função em quadra após a lesão da experiente pivô Sylvia Fowles, tricampeã olímpica pela seleção dos Estados Unidos.

“Quando a Syl se machucou, ficamos sem uma pivô e a técnica falou para mim: é você. É uma posição nova, que joguei faz muito tempo. A Syl faz uma falta grande para o time, dá uma segurança grande. Tive que assimilar a responsabilidade, mas foi uma coisa natural. O time foi me ajudando e os números melhorando. Estou feliz com meu desempenho na temporada regular e espero seguir assim nos playoffs”, disse a paulista, que está na sexta temporada na WNBA.

Damiris busca o primeiro título na liga norte-americana. A ala-pivô foi revelada no instituto da ex-jogadora Janeth, campeã mundial pela seleção brasileira em 1994, e maior jogadora do país na história da WNBA, atuando pelo Houston Comets, com quatro conquistas entre 1997 (na primeira edição do campeonato) e 2000. Em 2001, ela fez parte da equipe ideal da competição.

Mata-mata

A pandemia do novo coronavírus (covid-19) obrigou o calendário da WNBA a ser readequado. Assim como a NBA, que é a liga masculina, o torneio feminino ocorre em uma bolha, com jogadoras e comissões técnicas seguindo protocolos rigorosos de saúde e se enfrentando sem presença de público na IMG Academy, em Bradenton (Flórida). Já o mata-mata segue com o formato adotado desde 2016, com partidas únicas entre os times nas duas primeiras fases. Nas semifinais e na decisão, as equipes se enfrentam em uma melhor de cinco.

O Minnesota Lynx, franquia de Damiris, fez a quarta melhor campanha da etapa classificatória e foi direto à segunda fase, para enfrentar o ganhador de Phoenix Mercury e Washington Mystics, atual campeão. “Escolher adversário não é muito a minha praia, porque na WNBA não tem jogo fácil”, comentou a brasileira na terça-feira (15), horas antes da partida, admitindo preferência pelo formato atual do playoff. “É mais rápido, sem aquela pressão toda. Se perdeu, vai embora. Se ganhou, vai para a outra fase”, resumiu.

Uma cesta da armadora Shey Peddy, a menos de um segundo do fim, decretou a vitória do Mercury por 85 a 84, classificando o time para encarar o Lynx. Será o terceiro duelo entre as equipes na temporada. Em 21 de agosto, o time de Damiris venceu por 90 a 80, com a brasileira marcando 19 pontos, com três assistências e seis rebotes. Nove dias depois, a franquia de Phoenix deu o troco e fez 83 a 79, com a paulista anotando nove pontos na partida.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Go big or go home.

Uma publicação compartilhada por minnesotalynx (@minnesotalynx) em 16 de Set, 2020 às 2:04 PDT

Quem avançar no confronto entre Lynx e Mercury enfrenta, em uma das semifinais, o Las Vegas Aces, time de melhor campanha na fase regular, com 18 vitórias e quatro derrotas.

source

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Aparecidense se classifica para as oitavas de final

Publicado

on


A Aparecidense se tornou a primeira equipe classificada para as oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro após derrotar a Caldense por 3 a 1, na tarde desta sexta-feira (17) no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO).

No primeiro confronto entre as equipes, no último sábado (11) no estádio Ronaldão, a equipe de Minas Gerais triunfou por 1 a 0. Agora, o Camaleão enfrenta na próxima fase quem passar do confronto entre Cascavel e Cianorte.

Na partida desta sexta, foi a Veterana que saiu na frente, graças a Patrick Lopez. Porém, a Aparecidense virou com gols de Alex Henrique, Rafa Marcos e Gilvan.

Transmissão da Série D

A TV Brasil transmite, neste final de semana, duas partidas decisivas da segunda fase da Série D. No sábado (18), é a vez de Portuguesa-SP e Caxias-RS a partir das 15h (horário de Brasília). Um dia depois será Castanhal-PA e Moto Club-MA, também a partir das 15h.

Agência Brasil

Link



Continue lendo

Esportes

Pelé tem instabilidade respiratória e é transferido para UTI

Publicado

on


O ex-jogador de futebol Edson Arantes do Nascimento, conhecido como Rei Pelé, teve uma instabilidade respiratória na madrugada de hoje (17) e foi transferido, como medida preventiva, para a unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein, onde estava internado, na capital paulista.

O quadro de saúde de Pelé já foi estabilizado, e o tricampeão mundial de futebol foi levado para a ala de cuidados semi-intensivos.

“Edson Arantes do Nascimento apresentou breve instabilidade respiratória na madrugada de 17 de setembro e, como medida preventiva, foi transferido para a unidade de terapia intensiva (UTI). Após estabilização do quadro, o paciente passou para cuidados semi-intensivos. Ele encontra-se, neste momento, estável do ponto de vista cardiovascular e respiratório, e segue em recuperação de pós-operatório abdominal”, informa boletim médico divulgado pelo hospital.

No dia 4 deste mês, Pelé, que tem 80 anos, foi submetido a uma cirurgia para retirada de um tumor no cólon direito, descoberto durante exames cardiovasculares e laboratoriais de rotina. Na última terça-feira (14), ele teve alta da UTI e permaneceu internado para se recuperar.

De acordo com sua filha, Kely Nascimento, Pelé está se recuperando bem. “No quadro normal de um senhor da idade dele, depois de uma operação dessas, às vezes, são dois passos para a frente e um para trás. É muito normal. Ontem [16] ele estava cansado e deu um passinho pra trás. Hoje ele deu dois para a frente”, postou Kely ans redes sociais, juntamente com uma foto ao lado do pai tirada na tarde de hoje.
 

Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil

Link



Continue lendo

Esportes

ex-jogadora Geisa Oliveira morre em Campinas

Publicado

on


A ex-jogadora Geisa Oliveira morreu aos 42 anos de idade em razão de uma parada cardiorrespiratória em Campinas (SP), informou a Liga do Basquete Feminino (LBF) em nota publicada nesta sexta-feira (17).

Campeã nacional em quatro oportunidades (duas com a Americana, uma com o Vasco e outra com o Ourinhos), a pivô de 1,89 m também vestiu a camisa da seleção brasileira e por anos atuou no basquete europeu, em equipes da Espanha, da Itália e da Hungria.

“Vai fazer muita falta. Tive a oportunidade de trabalhar com ela como jogadora em Americana e como representante na LBF. Uma pessoa do bem que nos deixa. Meus sentimentos à família”, declarou o presidente da LBF, Ricardo Molina.

Geisa, que estava grávida de três meses de seu primeiro filho, deixa o marido.

Agência Brasil

Link





Continue lendo

Mais Vistos