conecte-se conosco

Esportes

Operação Covid-19 mobilizou quase 30 mil militares em seis meses

Publicado

on

A Operação Covid-19 do Ministério da Defesa mobilizou 28.729 militares em 180 dias, apresentou hoje (24) o ministro, Fernando Azevedo e Silva, em um balanço de seis meses das ações. O general participou da 17ª edição da Conferência de Segurança Internacional do Forte de Copacabana, realizada via internet devido à pandemia e organizada pela Fundação Konrad Adenauer (KAS) e pelo Centro Brasileiro de Relações Internacionais (Cebri).

Segundo o ministro, foram montadas 4.811 barreiras sanitárias e 2.445 postos de triagem. Foram realizadas ainda 11.255 ações na fronteira, 6.249 descontaminações em locais públicos e 6.722 campanhas de conscientização. Segundo o Ministério da Defesa, 15.366 pessoas foram capacitadas durante a operação que completou seis meses na última segunda-feira (21).

O ministério informou ainda que distribuiu mais de 1 milhão de kits de alimentos e produziu 627.917 máscaras e 24.555 litros de álcool em gel.

“É uma ajuda efetiva que as Forças Armadas têm dado em um momento tão difícil no mundo e no Brasil”, disse o ministro.

Azevedo e Silva informou ainda que as Forças Armadas realizaram 28.500 atendimentos em comunidades indígenas na Amazônia Ocidental, que inclui os estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia. Segundo o balanço apresentado, 87 mil indígenas foram atendidos e 38 toneladas de alimentos foram levadas as essas populações.

Operação Verde Brasil 2

O ministro se desculpou por enviar um vídeo gravado à conferência, que contou com o embaixador da União Europeia no Brasil, Ignacio Ybañez, e com o chefe de Assuntos Externos do Parlamento Europeu, David McAllister. Azevedo e Silva explicou que não pôde participar ao vivo por causa de uma viagem previamente marcada.

Na mesma apresentação, o ministro mostrou também um balanço encerrado em 15 de setembro com dados da Operação Verde Brasil 2, de combate ao desmatamento na Amazônia. Segundo as informações mostradas, já foram apreendidos 29.476 metros cúbicos de madeira e aplicados R$ 1,38 bilhão em multas. As ações embargaram 33.012 hectares.

Foram confiscadas 56,9 toneladas de minerais extraídos de forma irregular. As apreensões somam ainda 882 embarcações e 329 veículos. 

Queimadas

O ministro destacou ainda o trabalho das Forças Armadas no combate a incêndios em outros biomas do país. 

“Temos apoio no combate a esses incêndios. Entrou uma época nesse ano de 2020 de muita seca e muito quente. Na Serra da Mantiqueira nós ajudamos a combater. No Pantanal, agora, estamos com um efetivo razoável e meios aéreos, lançando água”

source

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Brasil vence Tunísia na estreia do vôlei masculino

Publicado

on


A seleção brasileira masculina de vôlei derrotou a Tunísia por 3 sets a 0 (25/22, 25/20 e 25/15) na estreia na Olimpíada de Tóquio (Japão), na noite desta sexta-feira (23) na Arena de Ariake.

Nas duas primeiras parciais, o Brasil chegou a ficar atrás do placar durante boa parte do jogo. No set inicial, esteve em desvantagem de quatro pontos, mas virou e fechou em 25 a 22. No segundo set, também conseguiu se recuperar e finalizou de forma um pouco mais tranquila por 25 a 20. No terceiro set, já mais ambientada, a equipe passou por cima dos africanos e fez 25 a 15.

O próximo jogo da seleção brasileira será contra a Argentina, na segunda-feira (26) a partir das 9h45 (horário de Brasília). Na sequência, o Brasil mede forças com Rússia, Estados Unidos e França. As quartas de final acontecem entre nos dias 2 e 3 de agosto, as semifinais estão marcadas para o dia 5 e as disputas das medalhas acontecerão no dia 7 do mês que vem.

O torneio de vôlei masculino tem 12 seleções. Os times estão divididos em dois grupos de seis integrantes cada. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para a fase eliminatória.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link





Continue lendo

Esportes

Eric Takabatake perde para sul-coreano na segunda rodada do judô

Publicado

on


O brasileiro Eric Takabatake, na categoria até 60 kg, perdeu para o sul-coreano Kim Won-jin no golden score, na madrugada deste sábado (24), no Budokan, pela segunda rodada do judô da Olimpíada de Tóquio (Japão). Na luta inicial, o atleta do Esporte Clube Pinheiros passou com dificuldades por Soukphaxay Sithisane, do Laos, graças a dois waza-aris.

Derrota de Gabriela Chibana

Já na categoria até 48 kg feminina, a brasileira Gabriela Chibana foi eliminada na segunda luta por Distria Krasniq, do Kosovo. A rival da atleta paulista é líder do ranking mundial da categoria e dominou completamente o duelo. Ela venceu por ippon, aplicado quase no final do combate. Anteriormente, na primeira rodada, a brasileira eliminou, em apenas 14 segundos com um ippon, Harriet Bonface, do Malawi.

Na noite deste sábado, o Brasil volta ao Budokan com Daniel Cargnin, que estreia contra o egípcio Mohamed Abdelmawgoud na categoria até 66 kg a partir das 23h14 (horário de Brasília). Já Larissa Pimenta, na categoria até 52 kg, luta com a polonesa Agata Perenc às 23h49.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link





Continue lendo

Esportes

Luisa Stefani e Laura Pigossi vencem na estreia em Tóquio

Publicado

on


A dupla formada por Luisa Stefani e Laura Pigossi estreou com vitória na Olimpíada de Tóquio (Japão), na madrugada deste sábado (24) no Estádio de Tênis de Ariake. As brasileiras superaram as canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman por 2 sets a 0 (parciais de 7/6 e 6/4).

A vitória das brasileiras teve um sabor especial, pois foi sobre as cabeças de chave número sete da competição.

Agora, Luisa Stefani e Laura Pigossi aguardam o confronto entre Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova, do Cazaquistão, e Ying-Ying Duan e Saisai Zheng, da China, para saber qual será o seu próximo desafio.





Continue lendo

Mais Vistos