conecte-se conosco

Esportes

Entenda sobre a descoberta que rendeu prêmio Nobel de Física em 2020

Publicado

on

Duas pesquisas dividiram o prêmio Nobel de Física, anunciado nesta terça-feira(6) pela Real Academia Sueca de Ciências. Uma do britânico Roger Penrose, da Universidade de Oxford, e a outra feita pela estadunidense Andrea Ghez, da Universidade da Califórnia em Los Angeles, com colaboração do alemão Reinhard Genzel, da Universidade da Califórnia em Berkeley. As duas pesquisas fizeram descobertas sobre buraco negro.

Penrose usou a matemática para provar que os buracos negros são uma consequência direta da Teoria Geral da Relatividade de Albert Einstein. Já Ghez e Genzel descobriram que um objeto invisível e extremamente pesado define as órbitas de estrelas no centro da nossa galáxia.

A pesquisadora brasileira Márcia Barbosa é pós-doutora em Física, diretora da Academia Brasileira de Ciências e integrante do Conselho Técnico Científico do Museu de Astronomia e Ciências Afins. Ela destacou a relação entre as duas pesquisas que dividiram o prêmio.

“Penrose começou a se interessar por esse assunto. Ele é bem matemático e ele fez uma teoria matemática comprovando a possibilidade realmente de existirem essas coisas muito massivas e que engolem tudo. Tudo mesmo. Nem mesmo a luz consegue escapar. Aí, finalmente, vieram anos mais tarde a Andrea Ghez e seu colaborador, e eles conseguiram medir a existência de um buraco negro no centro da nossa galáxia e fazem essa predição de que cada galáxia vai ter no centro um grande buraco negro massivo, que vai começar, por muito tempo, a sugar toda a matéria dessa galáxia. Por um lado, Penrose mostrou matematicamente e, por outro lado, Andrea e seu colaborador conseguiram fazer o experimento.”

Desde o século 18, cientistas se perguntavam se existiria algum objeto no universo capaz de exercer uma atração gravitacional tão forte, da qual nem mesmo a luz poderia escapar. Einstein não acreditava em buracos negros, mas, ao formular a Teoria Geral da Relatividade, em 1915, teorizou que a força da gravidade pode distorcer espaço e tempo.

Foi um estudo de Penrose, em 1965, que provou a formação de buracos negros. O estudo descrevia o fenômeno em detalhes e afirmava que, no centro dessa estrutura, existe uma singularidade onde o tempo e o espaço simplesmente deixam de existir.

A singularidade é o limite. O instante exatamente anterior ao buraco negro em si. Como o fenômeno literalmente engole tudo o que está ao redor, inclusive a luz, não é possível ver ou fotografar um buraco negro. E foi exatamente um corpo invisível que a pesquisa de Ghez descobriu. Mesmo sem ver, a cientista provou que a estrutura no centro da Via Láctea é maciça e com uma massa gigantesca.

Mas em 2019, a comunidade científica comemorou que, pela primeira vez, foram captadas imagens de um buraco negro no espaço. Veja na reportagem da TV Brasil

Mulheres no prêmio Nobel de Física

A professora Márcia Barbosa comemorou o reconhecimento de uma mulher nessa pesquisa. Isso porque os agraciados pelo Nobel são indicados pela comunidade científica. E a vitória de uma mulher significa o reconhecimento da participação feminina na ciência.

“A Andrea Ghez representa um fenômeno, que é o fenômeno de que as mulheres estão ganhando visibilidade. Isso é muito importante. Isso é bem desafiador. Não é nenhuma ação afirmativa ou cota: é [que] simplesmente, de repente, os cientistas e as organizações enxergam as mulheres.”

Em 125 anos de Prêmio Nobel, Andrea Ghez é a quarta mulher a receber o de Física. Antes dela vieram Marie Curie, em 1903; Maria Goeppert-Mayer, em 1963, e Donna Strickland, em 2018.

Andrea Ghez disse esperar que a honraria inspire outras cientistas.

source

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Duelo Náutico x Vasco pode definir destino das equipes na Série B

Publicado

on


Todos os 2610 ingressos colocados à disposição da torcida do Náutico que encara o Vasco neste domingo (24) no Estádio dos Aflitos, já foram vendidos. Só restam ingressos para os cruzmaltinos, que terão, pela primeira vez na competição, direito a 290 lugares como torcida visitante. O duelo em Recife, válido pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, terá início às 16h (horário de Brasília). A Rádio Nacional transmitirá o jogo ao vivo, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Mário Silva e reportagem de Bruno Mendes.

As duas equipes buscam chegar ao G4 para garantir o retorno à primeira divisão do futebol nacional no ano que vem. Apenas dois pontos separam a equipe carioca (46) do time pernambucano (44). O Timbu vem de três vitórias consecutivas, a última delas por 3 a 2 contra a Ponte Preta em Campinas (SP).  O Náutico não vai contar com o zagueiro Camutanga, que cumpre suspensão, mas terá o bom momento do goleiro Anderson.

“Vai ser um dos jogos mais difíceis, pelo momento da tabela e vai decidir quem continua brigando lá em cima e quem vai ficar um passo atrás”, analisou o arqueiro alvirrubro durante coletiva. 

O Vasco superou o Coritiba por 2 a 1 na última rodada e precisa vencer ao menos seis dos últimos oitos jogos para conquistar o acesso à Série A. Um dos jogadores em ascensão no Gigante da Colina é Marquinhos Gabriel.

“O que mais preocupa a gente é a nossa recomposição. Se a gente defender mal, também vai atacar mal. Precisamos estar juntos dentro de campo e buscar um equilíbrio”, defendeu o meia vascaíno.

No primeiro turno, em São Januário, Vasco e Náutico empataram em 1 a 1 e o resultado culminou com a demissão de Marcelo Cabo, o então técnico do Cruzmlatino. Lisca assumiu na sequência e depois deu lugar a Fernando Diniz, o atual treinador. Já o Timbu demitiu Hélio dos Anjos e depois o recontratou para o lugar de Marcelo Chamusca.





Continue lendo

Esportes

São José-SP vence Marechal-PR de virada em 1º jogo das oitavas da LNF

Publicado

on


O São José venceu de virada o Marechal por 3 a 2 neste sábado (23) e ficou mais perto da vaga nas quartas de final da da Liga Nacional de Futstal (LNF). Jogando em São José dos Campos (SP), com presença da torcida no Ginásio Tênis Clube, o time da casa foi para o intervalo perdendo por  2 a 0, mas conseguiu uma recuperação emocionante no segundo tempo, garantindo a vantagem do empate no jogo da volta, no Paraná, no próximo dia 29. O embate deste sábado (23) foi transmitido ao vivo pela TV Brasil. 

Os donos da casa tomaram a iniciativa do jogo no primeiro tempo, mas foi o Marechal que abriu o placar aos 9 minutos com Malcom, aproveitando a bola levantada em escanteio. Foi o sexto gol dele na competição. Após sofrer o primeiro gol, o São José se desconcentrou e três minutos depois Dickson marcou o segundo dos visitantes, após bela assistência de Índio, goleiro de linha. Nos segundos finais da primeira etapa Xuxa quase descontou para os donos da casa.

Após o intervalo, o São José entrou em quadra determinado a mudar a história do jogo. O primeiro gol dos donos da casa saiu aos seis minutos:  Wandinho mandou uma bomba e a bola ainda desviou em Alisson antes de entrar. 

O São José seguiu pressionando até que aos 11 minutos chegou ao empate com Jhonatan Bob, após dois chutes: no primeiro o goleiro Obina espalmou, mas a bola volta nos pés de Bob que acertou em cheio o fundo da rede. Jogadores do Marechal reclamaram de falta do jogador Gabriel, camisa 6 do São José,  em cima de Obina, mas o arbitragem não marcou. O gol da virada do time da casa saiu a menos de dois minutos do fim, com Alisson, com um chute direto da entrada da área, sem chance para o goleiro Obina. Foi o segundo dele na partida.

Nos segundo finais, o Marechal quase arranca o empate, mas a vitória ficou mesmo com o São José, que mantém a invencibilidade dentro do Ginásio Tênis Clube: em sete jogos, soma agora seis vitórias e um empate.

Classificação às quartas

De acordo com o regulamento da LNF 2021, quem conseguir duas vitórias, ou uma vitória e um empate, avança às quartas de final. No caso de dois empates ou vitórias alternadas, a definição da vaga ocorrerá após prorrogação.Serão 10 minutos suplementares, divididos em dois tempos de 5 minutos, sem intervalo, com inversão de lados. O time com melhor colocação na fase classificatória leva a vantagem do empate no período suplementar.





Continue lendo

Esportes

Neymar se recupera e pode atuar no duelo PSG x Olympique Marseill

Publicado

on


Neymar se recuperou de uma lesão na virilha e pode se reunir a Lionel Messi e Kylian Mbappé no ataque do Paris Saint-Germain (PSG) para o clássico contra o Olympique Marseille neste domingo (24).

O atacante brasileiro, fora da vitória em casa por 3 a 2 sobre o RB Leipzig pela Liga dos Campeões na última terça-feira (19) não apareceu no boletim médico e deve ser relacionado.

O zagueiro Sergio Ramos, que ainda não jogou desde que chegou do Real Madrid durante a última janela de transferências por um problema na panturrilha, ainda está treinando sozinho, e o meia argentino Leandro Paredes será desfalque por lesão na coxa.

“Neymar está disponível para o jogo”, disse o técnico Mauricio Pochettino neste sábado (23).

O PSG venceu oito dos seus últimos dez jogos contra o Olympique Marseille, que estará em busca de sua primeira vitória no Vélodrome contra o time da capital em dez anos.

Staff Reuters

Link





Continue lendo

Mais Vistos