conecte-se conosco

Esportes

MG: CNMP permite processo contra promotor por inquérito de aeroporto

Publicado

on

Os membros do Conselho Nacional de Ministério Público (CNMP) julgaram procedente a decisão monocrática que autorizou a instauração de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o promotor do Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG), Eduardo Nepomuceno de Souza.

A decisão unânime foi anunciada hoje (27), durante sessão ordinária do órgão. Para os conselheiros, a decisão do promotor de reabrir, às vésperas das eleições de 2018, as investigações sobre supostas irregularidades na construção de um aeroporto na cidade de Cláudio (MG), a cerca de 150 quilômetros de Belo Horizonte, colocou em risco o prestígio do Ministério Público.

O aeroporto em questão foi construído em 2010, com dinheiro público, em um terreno que, até ser desapropriado pelo estado, em 2008, pertencia à família do então governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Aécio governou o estado entre 2003 e 2010 e, em outubro de 2018, foi eleito deputado federal. Um mês antes dos eleitores irem às urnas, Nepomuceno pediu a reabertura do inquérito que tinha sido arquivado em dezembro de 2015.

Na época, o promotor justificou a reabertura da investigação afirmando que a Polícia Federal (PF) tinha revelado fatos novos após o arquivamento do inquérito. Nepomuceno estava se referindo às conversas telefônicas de um primo de Aécio, Frederico Pacheco, gravadas com autorização judicial, em abril de 2017. Em uma destas conversas, Pacheco sugere que o acesso ao aeroporto era controlado, pois as chaves ficariam com pessoas próximas a Aécio.

Quando as gravações da conversa de Pacheco foram feitas, Nepomuceno estava afastado da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, da qual tinha sido removido compulsoriamente em março de 2017, por decisão do CNMP. Em dezembro de 2016, os membros do conselho determinaram a remoção compulsória de Nepomuceno para outra promotoria por “condutas reprováveis”. A decisão foi proferida após o julgamento de um processo administrativo contra o promotor, alvo de representações disciplinares motivadas, entre outros fatos, por queixas do então senador Zezé Perrela, que acusou o promotor de o estar “perseguindo” politicamente.

Alegando que estava sendo punido por enfrentar a corrupção, Nepomuceno recorreu da decisão do Ministério Público e, em abril de 2018, a Justiça Federal decidiu que ele deveria retornar à 17ª Promotoria de Justiça. Apenas cinco meses depois, o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), anulou a decisão da Justiça Federal e determinou que o promotor voltasse a ser afastado da 17ª Promotoria. Neste meio tempo, contudo, Nepomuceno já tinha, entre outras coisas, determinado a reabertura do inquérito sobre as suspeitas de irregularidade na construção do aeroporto de Cláudio.

Hoje, ao votar a favor da instauração do novo Processo Administrativo Disciplinar contra Nepomuceno, o procurador Sebastião Caixeta afirmou que, embora a corregedoria do Ministério Público tenha entendido que o desarquivamento do inquérito civil às vésperas das eleições de 2018 tenha sido feita de forma fundamentada, acabou por, “infelizmente”, suscitar “suspeitas de que houve uma motivação para além da simples e mera abertura” das investigações.

“Além disso, o referido promotor estava nesta promotoria por decisão judicial” acrescentou o procurador. “E o pior – e isto está muito claro: tendo sido aberto um novo inquérito civil, ele não foi submetido a regular distribuição, conforme determina a lei.”

A Agência Brasil não consegui contato com o promotor Eduardo Nepomuceno de Souza ou com seu advogado.

source

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Brasil vence Tunísia na estreia do vôlei masculino

Publicado

on


A seleção brasileira masculina de vôlei derrotou a Tunísia por 3 sets a 0 (25/22, 25/20 e 25/15) na estreia na Olimpíada de Tóquio (Japão), na noite desta sexta-feira (23) na Arena de Ariake.

Nas duas primeiras parciais, o Brasil chegou a ficar atrás do placar durante boa parte do jogo. No set inicial, esteve em desvantagem de quatro pontos, mas virou e fechou em 25 a 22. No segundo set, também conseguiu se recuperar e finalizou de forma um pouco mais tranquila por 25 a 20. No terceiro set, já mais ambientada, a equipe passou por cima dos africanos e fez 25 a 15.

O próximo jogo da seleção brasileira será contra a Argentina, na segunda-feira (26) a partir das 9h45 (horário de Brasília). Na sequência, o Brasil mede forças com Rússia, Estados Unidos e França. As quartas de final acontecem entre nos dias 2 e 3 de agosto, as semifinais estão marcadas para o dia 5 e as disputas das medalhas acontecerão no dia 7 do mês que vem.

O torneio de vôlei masculino tem 12 seleções. Os times estão divididos em dois grupos de seis integrantes cada. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para a fase eliminatória.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link





Continue lendo

Esportes

Eric Takabatake perde para sul-coreano na segunda rodada do judô

Publicado

on


O brasileiro Eric Takabatake, na categoria até 60 kg, perdeu para o sul-coreano Kim Won-jin no golden score, na madrugada deste sábado (24), no Budokan, pela segunda rodada do judô da Olimpíada de Tóquio (Japão). Na luta inicial, o atleta do Esporte Clube Pinheiros passou com dificuldades por Soukphaxay Sithisane, do Laos, graças a dois waza-aris.

Derrota de Gabriela Chibana

Já na categoria até 48 kg feminina, a brasileira Gabriela Chibana foi eliminada na segunda luta por Distria Krasniq, do Kosovo. A rival da atleta paulista é líder do ranking mundial da categoria e dominou completamente o duelo. Ela venceu por ippon, aplicado quase no final do combate. Anteriormente, na primeira rodada, a brasileira eliminou, em apenas 14 segundos com um ippon, Harriet Bonface, do Malawi.

Na noite deste sábado, o Brasil volta ao Budokan com Daniel Cargnin, que estreia contra o egípcio Mohamed Abdelmawgoud na categoria até 66 kg a partir das 23h14 (horário de Brasília). Já Larissa Pimenta, na categoria até 52 kg, luta com a polonesa Agata Perenc às 23h49.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link





Continue lendo

Esportes

Luisa Stefani e Laura Pigossi vencem na estreia em Tóquio

Publicado

on


A dupla formada por Luisa Stefani e Laura Pigossi estreou com vitória na Olimpíada de Tóquio (Japão), na madrugada deste sábado (24) no Estádio de Tênis de Ariake. As brasileiras superaram as canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman por 2 sets a 0 (parciais de 7/6 e 6/4).

A vitória das brasileiras teve um sabor especial, pois foi sobre as cabeças de chave número sete da competição.

Agora, Luisa Stefani e Laura Pigossi aguardam o confronto entre Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova, do Cazaquistão, e Ying-Ying Duan e Saisai Zheng, da China, para saber qual será o seu próximo desafio.





Continue lendo

Mais Vistos