conecte-se conosco

Esportes

Brasileiro Feminino: Palmeiras segura pressão e bate Ferroviária

Publicado

on

O Palmeiras saiu na frente da atual campeã Ferroviária no confronto pelas quartas de final da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Nesta quinta-feira (28), o Verdão bateu as Guerreiras Grenás por 2 a 1 no Allianz Parque, em São Paulo.

A vitória deu às palmeirenses a vantagem do empate na partida de volta, que será neste domingo (1º), às 19h30 (horário de Brasília), na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). O time do interior paulista terá de ganhar por ao menos dois gols de diferença para ficar com a vaga. Se vencer por um gol, a decisão será nos pênaltis.

As palestrinas abriram o marcador aos três minutos. A atacante Bianca cobrou escanteio pela direita e a zagueira Thais Ferreira cabeceou no contrapé da goleira Luciana. A Ferroviária pressionou atrás do empate, mas pecou na pontaria. A melhor chance foi aos 23 minutos. Aproveitando a sobra de uma dividida na grande área, a atacante Patrícia Sochor mandou por cima, mesmo com a goleira Vivi no chão.

Na etapa final, logo aos cinco minutos, o Verdão mostrou novamente eficiência e ampliou com um golaço de Camilinha. Em contra-ataque iniciado por Vivi, a meia saiu em disparada do campo de defesa, sem marcação e chutou de fora da área, no ângulo de Luciana. As Guerreiras Grenás seguiram em cima, tiveram oportunidades e, enfim, diminuíram com Sochor, que desarmou a zagueira Agustina na entrada da área e bateu na saída da goleira, aos 36. A atacante teve a chance do empate aos 42, mas parou no travessão.

Caçadoras na frente

Em Florianópolis, o Avaí/Kindermann superou o Internacional por 3 a 2, em outro confronto das quartas de final. Como a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) determinou que os times atuassem em seus estádios principais no mata-mata, as catarinenses – que jogam em Caçador (SC), base do Kindermann, a 400 quilômetros da capital do estado – mandaram a partida na Ressacada, casa do Avaí.

O Inter saiu na frente aos 30 minutos. A atacante Shasha invadiu a área pela direita e rolou, na saída da goleira Bárbara, para a meia Juliana mandar para as redes. Aos 39, a meia Pat lançou a atacante Lelê, que driblou a goleira Yasmin e empatou. Cinco minutos depois, após cobrança de escanteio da meia Júlia Bianchi pela esquerda, a zagueira Siméia dividiu com Yasmin e virou o placar.

Na etapa final, a bola parada foi, novamente, arma letal para o Avaí/Kindermann. Aos oito minutos, Júlia Bianchi cobrou falta na área, Lelê ganhou de Yasmin pelo alto e a lateral Bruna Calderan ficou com a sobra, na pequena área, para marcar o terceiro. O Internacional ainda descontou aos 32: Juliana cruzou da esquerda, a bola resvalou no travessão e sobrou para a atacante Byanca Brasil diminuir o prejuízo.

As equipes se reencontram no domingo, às 17h, no Beira-Rio, em Porto Alegre. As Avaianas Caçadoras têm a vantagem do empate. O Internacional tem de vencer por dois ou mais gols de diferença. Se a vitória das Gurias Coloradas for por um gol de saldo, a classificação às semifinais será decidida nos pênaltis.

San-São zerado

Já no estádio do Morumbi, na capital paulista, São Paulo e Santos não saíram do zero. Os rivais vão para o segundo jogo do confronto – neste domingo, às 16h, na Arena Barueri – sem vantagem.

A etapa inicial foi movimentada, com o Tricolor superior na primeira metade, acertando a trave com a atacante Duda. Depois, as Sereias da Vila dominaram e quase marcaram aos 39, em uma bomba da atacante Cristiane, após jogada de tiro livre indireto, que a goleira Carla salvou. A resposta foi imediata, em cabeçada à queima-roupa da zagueira Thaís Regina, na pequena área, que a goleira Michelle defendeu.

No segundo tempo, as equipes sentiram o desgaste e os desfalques que tiveram para o encontro e o ritmo do jogo caiu bastante, com os técnicos Lucas Piccinato e Guilherme Giudice lançando mão de todas as alterações possíveis, sem efeito. O São Paulo teve a melhor oportunidade da etapa com Kamilla. Aos 29 minutos, a atacante ficou cara a cara com Michelle, mas chutou para fora.

Confira a tabela da Série A1 do Brasileiro Feminino.

source

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Brasil vence Tunísia na estreia do vôlei masculino

Publicado

on


A seleção brasileira masculina de vôlei derrotou a Tunísia por 3 sets a 0 (25/22, 25/20 e 25/15) na estreia na Olimpíada de Tóquio (Japão), na noite desta sexta-feira (23) na Arena de Ariake.

Nas duas primeiras parciais, o Brasil chegou a ficar atrás do placar durante boa parte do jogo. No set inicial, esteve em desvantagem de quatro pontos, mas virou e fechou em 25 a 22. No segundo set, também conseguiu se recuperar e finalizou de forma um pouco mais tranquila por 25 a 20. No terceiro set, já mais ambientada, a equipe passou por cima dos africanos e fez 25 a 15.

O próximo jogo da seleção brasileira será contra a Argentina, na segunda-feira (26) a partir das 9h45 (horário de Brasília). Na sequência, o Brasil mede forças com Rússia, Estados Unidos e França. As quartas de final acontecem entre nos dias 2 e 3 de agosto, as semifinais estão marcadas para o dia 5 e as disputas das medalhas acontecerão no dia 7 do mês que vem.

O torneio de vôlei masculino tem 12 seleções. Os times estão divididos em dois grupos de seis integrantes cada. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para a fase eliminatória.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link





Continue lendo

Esportes

Eric Takabatake perde para sul-coreano na segunda rodada do judô

Publicado

on


O brasileiro Eric Takabatake, na categoria até 60 kg, perdeu para o sul-coreano Kim Won-jin no golden score, na madrugada deste sábado (24), no Budokan, pela segunda rodada do judô da Olimpíada de Tóquio (Japão). Na luta inicial, o atleta do Esporte Clube Pinheiros passou com dificuldades por Soukphaxay Sithisane, do Laos, graças a dois waza-aris.

Derrota de Gabriela Chibana

Já na categoria até 48 kg feminina, a brasileira Gabriela Chibana foi eliminada na segunda luta por Distria Krasniq, do Kosovo. A rival da atleta paulista é líder do ranking mundial da categoria e dominou completamente o duelo. Ela venceu por ippon, aplicado quase no final do combate. Anteriormente, na primeira rodada, a brasileira eliminou, em apenas 14 segundos com um ippon, Harriet Bonface, do Malawi.

Na noite deste sábado, o Brasil volta ao Budokan com Daniel Cargnin, que estreia contra o egípcio Mohamed Abdelmawgoud na categoria até 66 kg a partir das 23h14 (horário de Brasília). Já Larissa Pimenta, na categoria até 52 kg, luta com a polonesa Agata Perenc às 23h49.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

Link





Continue lendo

Esportes

Luisa Stefani e Laura Pigossi vencem na estreia em Tóquio

Publicado

on


A dupla formada por Luisa Stefani e Laura Pigossi estreou com vitória na Olimpíada de Tóquio (Japão), na madrugada deste sábado (24) no Estádio de Tênis de Ariake. As brasileiras superaram as canadenses Gabriela Dabrowski e Sharon Fichman por 2 sets a 0 (parciais de 7/6 e 6/4).

A vitória das brasileiras teve um sabor especial, pois foi sobre as cabeças de chave número sete da competição.

Agora, Luisa Stefani e Laura Pigossi aguardam o confronto entre Karolina Pliskova e Marketa Vondrousova, do Cazaquistão, e Ying-Ying Duan e Saisai Zheng, da China, para saber qual será o seu próximo desafio.





Continue lendo

Mais Vistos