conecte-se conosco

Esportes

Antecipação do auxílio-doença será limitada até 31 de dezembro

Publicado

on

A antecipação do auxílio-doença, adotada pelo governo durante a pandemia de covid-19, será paga aos beneficiários pelo período definido no atestado médico, limitado a até 60 dias, mas não poderá exceder o dia 31 de dezembro, quando terminam os efeitos do decreto de calamidade pública em razão da pandemia. 

Instituída em abril, a medida foi prorrogada novamente na semana passada para requerimentos de auxílio-doença feitos até 30 de novembro.

A prorrogação foi regulamentada por uma portaria conjunta do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, publicada hoje (3) no Diário Oficial da União

O prazo máximo de pagamento é até 31 de dezembro, mas há a possibilidade de o segurado apresentar pedido de revisão para fins de obtenção integral e definitiva do auxílio-doença, na forma estabelecida pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Perícia médica

Por meio da antecipação, o beneficiário recebe até um salário mínimo (R$ 1.045) sem perícia médica, bastando anexar um atestado médico ao requerimento com declaração de responsabilidade pelo documento no portal do INSS ou do aplicativo Meu INSS. Após a perícia médica, o segurado recebe a diferença em uma parcela, caso o valor do auxílio-doença supere um salário mínimo.

Na semana passada, o INSS iniciou o pagamento das diferenças das antecipações recebidas até 2 de julho. Quem tiver direito ao pagamento da diferença receberá uma carta do órgão com todas as informações do recálculo ou poderá checar pelo site e aplicativo Meu INSS, além do telefone 135.

Para requerer o auxílio-doença e receber a antecipação, o segurado deverá apresentar atestado médico legível e sem rasuras. O documento deverá conter assinatura e carimbo do médico, com registro do Conselho Regional de Medicina (CRM); informações sobre a doença ou a respectiva numeração da Classificação Internacional de Doenças (CID); e prazo estimado do repouso necessário.

A concessão do auxílio-doença continua considerando os requisitos necessários, como carência, para que o segurado tenha direito ao benefício.

source

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Velejadores comemoram retorno da Semana Internacional de Vela de Ilhabela

Publicado

on


A comunidade da vela brasileira comemora a realização da 48ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, que será disputada de 24 a 31 de julho de 2021, em parceria com a Prefeitura de Ilhabela, no Yacht Club de Ilhabela (YCI), no litoral norte paulista.

Após a não realização das regatas presenciais no ano passado, os organizadores confirmaram o evento, que terá protocolo rígido de combate ao COVID-19, incluindo a exigência de teste de PCR com 72 horas de antecedência para o credenciamento.

As inscrições já estão abertas pelo site www.sivilhabela.com.br para os veleiros nas classes ORC, RGS, Bico de Proa, Clássicos, C30 e HPE25. O evento também terá regatas virtuais como no ano passado.

A competição começará com as tradicionais provas de longa distância como Regata Alcatrazes Marinha do Brasil por Boreste, Toque Toque e Renato Frankenthal. A organização espera receber mais de 100 barcos nesta edição, praticamente a mesma quantidade da última edição presencial, que correu em 2019 com 123 veleiros nas raias do Canal de São Sebastião.

”Isso dá quase mil tripulantes para essa 48ª Semana de Vela. O que estamos vendo em todas regatas, nas poucas que estão acontecendo, é uma fome de velejar. Venham matar a fome conosco”.

”Quanto às regatas, esperem sempre muita diversão. Nós vamos ter todas regatas que sempre ocorrer na Semana de Vela. Teremos muita barla-sota e regata de percurso médio. E uma coisa muito legal: nosso lado social está muito em alta com a regata Vela do Amanhã”, disse Mauro Dottori, organizador e diretor de vela do Yacht Club de Ilhabela.

Velejadores de vários estados já se prepararam para navegar até Ilhabela e participar das provas. Um dos exemplos é o +Bravíssimo, de Vitória (ES). A equipe se preparar para a Semana Internacional de Vela de ilhabela o ano todo, pois trata do grande encontro da modalidade. A viagem rumo à Ilhabela deve começar em 15 de julho para as 400 milhas de distância de um lugar ao outro.

Foto: Fred Hoffmann

”Estamos felizes com a realização das regatas e vamos com a equipe praticamente toda capixaba. Vamos com tudo e ansiosos para correr em Ilhabela após um ano sem! A gente treina, trabalha e otimiza o barco para a Semana de Vela. Vamos nos divertir”, explicou Luciano Secchin, do +Bravíssimo.

Atuais campeões brasileiros da classe ORC e vencedores da Santos Rio, os cariocas do Ventaneiro 3 também se mobilizam para a 48ª edição.

”Depois de um longo período estaremos de volta à belíssima raia da semana de vela. Esperamos encontrar todos nas regatas”, comemorou Renato Cunha.

Inscrições 

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela volta a ser disputada no Canal de São Sebastião depois de dois anos. Na temporada passada ocorreu a edição virtual de 2020 com o aplicativo Virtual Regatta e o Talks, série de palestras online sobre o mundo do mar. As inscrições para as provas virtuais abrem nos próximos dias

Já os velejadores que querem correr as regatas devem fazer as inscrições exclusivamente pelo site oficial www.sivilhabela.com.br.

O acesso ao Sistema de Inscrições está disponível desde 18 de junho até o dia 19 de julho. O valor do pagamento da taxa de inscrição do veleiro será definido no momento da inscrição.

O simples cadastramento não garante nenhuma faixa de valor e sua inscrição só será efetivada após a quitação da inscrição.

O valor da inscrição do veleiro será calculado pela quantidade de tripulantes informada na inscrição obedecendo o mínimo informado na tabela abaixo:

Até 25 pés – mínimo 4 tripulantes

Até 26 pés – mínimo de 5 tripulantes

De 29 até 32 pés – mínimo de 6 tripulantes

De 33 até 40 pés – mínimo de 8 tripulantes

De 41 até 46 pés – mínimo de 10 tripulantes

De 47 pés ou maior – mínimo de 13 tripulantes

Mais depoimentos

Sergio Klepacz – Veleiro Xamã 

”Saudamos a volta da Semana de Vela de Ilhabela. Foi uma decisão com certeza acertada das lideranças da vela e até políticas. O campeonato é muito importante para a cidade de Ilhabela e para os velejadores, é o maior evento que tem, é o evento no qual todos investem, todos os velejadores competidores investem a maior parte do seu tempo, recurso, para a semana de vela”.

Mario Martinez – ABVO e Veleiro Rudá

”Essa Semana de Vela de Ilhabela com essa retomada das regatas é muito importante para nós testarmos os protocolos de segurança em relação à pandemia. Agora nós aprendemos um pouquinho mais sobre a pandemia e eu acho que nós vamos fazer um evento bem seguro, mesmo porque uma boa parte dos velejadores já está vacinada. Vai ser um evento muito bacana e a grande novidade é que voltamos a ter um campeão geral do evento”.

A última regata presencial foi realizada em 2019 com mais de 120 veleiros de todo o País e nações vizinhas. O evento em sua versão virtual teve realização do Yacht Club de Ilhabela e organização da Tribu Live Marketing e Full Time Eventos e Turismo.



Continue lendo

Esportes

Brasil enfrenta Colômbia pela Copa América

Publicado

on


A seleção brasileira de futebol volta a campo na noite desta quarta-feira (23) para enfrentar a Colômbia pela 4ª rodada do grupo B da Copa América 2021. O duelo das 21h desta noite no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, colocará frente a frente o Brasil, líder da chave com seis pontos e 100% de aproveitamento, e a Colômbia, vice-líder com quatro pontos.

Mesmo com time  já classificado às quartas de final, o técnico Tite vai mandar a campo uma equipe em busca da vitória para garantir a liderança da chave. Os últimos trabalhos da seleção na Granja Comary, em Teresópolis, não teve a presença da imprensa e nem a escalação para o jogo foi confirmada. Mas é  provável que a seleção entre em campo com  Weverton, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Douglas Luiz e Everton Ribeiro; Richarlison, Neymar e Gabriel Jesus.

Do lado da Colômbia, o time pode se classificar mesmo perdendo o jogo. Para que isso aconteça basta que o Equador não ganhe do Peru, em partida que começa às 18h desta quarta. Na campanha pela Copa América, a Colômbia tem uma vitória (1×0 sobre o Equador), um empate (0x0 contra a Venezuela), e uma derrota (2×1 para o Peru). A seleção da Colômbia tevera ter Ospina, Medina, Mina, Davinson Sánchez e Tesillo; Cuéllar, Uribe e Barrios; Cuadrado, Luis Díaz e Borja.  

Com o técnico Tite comandando a equipe nacional, as duas seleções já se enfrentaram em quatros oportunidades. Foram duas vitórias brasileiras e dois empates. No último duelo, ocorreu um empate por 2 a 2, em setembro de 2019, em Miami (EUA). No retrospecto geral, são 31 jogos. O Brasil tem 18 vitórias, dez empates e apenas três derrotas.





Continue lendo

Esportes

Goiás vence o Avaí dentro de casa e sobe na tabela

Publicado

on


Na noite desta terça-feira (22), o Goiás goleou o Avaí por 3 a 0 no estádio da Serrinha, em Goiânia, com gols de Apodi, Bruno Mezenga e Caio. A partida foi válida pela 6ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o time da casa pulou à vice-liderança provisória da Série B com 11 pontos. O Avaí ocupa apenas a 18ª posição com quatro pontos.

O primeiro gol da noite saiu aos 34 minutos com o lateral Apodi. Ele aproveitou a bola que sobrou dentro da área, matou no peito e chutou forte para abrir o placar. Logo depois, aos 38 minutos, o atacante Bruno Mezenga recebeu um passe de Breno e mandou para o fundo da rede para fazer o segundo do Esmeraldino. O terceiro gol nasceu aos 16 minutos da etapa final. O volante Caio Vinícius se antecipou ao goleiro Glédson depois da cobrança de escanteio e mandou para o fundo do gol de cabeça para fechar o placar.

Os próximos jogos das duas equipes serão na sexta-feira (25). O Avaí, dentro de casa, pegará o CRB. O Goiás terá pela frente o clássico estadual contra o Vila Nova fora de casa.  

Ponte Preta só empata e segue na lanterna

Ainda nesta noite desta, Ponte Preta e Operário ficaram no 0 a 0 no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. A partida foi válida pela 6ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o time paulista segue na lanterna da competição com apenas dois pontos em seis jogos. O Fantasma, que chegou no jogo na vice-liderança, perdeu uma posição. Agora o time tem 11 pontos e está na 3ª posição. O próximo jogo da Macaca de Campinas vai ser na sexta-feira (25), em Pelotas, contra o Brasil. O Operário, no mesmo dia, vai receber o Confiança no estádio Germano Kruger.

Juliano Justo – Repórter da TV Brasil

Link



Continue lendo

Mais Vistos