conecte-se conosco

Bahia

Festival In-Edit começa quarta-feira e terá 50 documentários musicais

Publicado

on


Memórias, histórias e trajetórias de grandes nomes da música mundial, exploradas pelo cinema documental, estão novamente em foco na 13a edição do Festival Internacional do Documentário Musical, o In-Edit. O evento começa nesta quarta-feira (16), apresentando 50 títulos nacionais e internacionais e fazendo uma homenagem ao diretor D. A. Pennebaker.

Pela segunda vez, por causa da pandemia de covid-19, o festival será realizado de forma online, podendo ser acessado de todo o país. O evento vai até 27 de junho.

Entre os documentários musicais que serão apresentados, 22 são títulos inéditos sobre artistas contemporâneos. Entre eles, o documentário Crock of Gold: A Few Rounds with Shane MacGowan, dirigido por Julien Temple e produzido por Johnny Deep, que faz uma homenagem ao vocalista da banda irlandesa The Pogues. Há também documentários sobre cantores brasileiros como Jair Rodrigues, Luiz Melodia e Paulo César Pinheiro.

Mas não são apenas os artistas o foco desse festival. O In-Edit mostra também a história de bandas, estilos musicais e grandes festivais da música, além de explorar viagens e ritmos.

Há filmes para amantes do heavy metal, como Metal: A Headbanger’s Journey, dos diretores Sam Dunn, Scot McFadyen e Jessica Joy Wise; e para os amantes do hip hop brasileiro, como Histórias e rimas – O Filme, de Rodrigo Giannetto, com depoimentos de Thaíde, Mano Brown, Karol Conká, Dexter, Emicida, Projota e Marcelo D2, entre outros. Há também road movie, como o documentário Dois tempos, dirigido por Pablo Francischelli, uma viagem musical com Yamandu Costa e o músico argentino Lucio Yanel.

Entre os destaques internacionais está All I Can Say, dos diretores Danny Clinch, Taryn Gould, Colleen Hennessy e Shannon Hoon, que usa imagens gravadas pelo próprio Shannon Hoon, vocalista da banda Blind Melon, entre os anos de 1990 e 1995.

Já no Panorama Brasileiro, destaque para Chico Mário – A Melodia da Liberdade, de Silvio Tendler, que conta a história do violonista, irmão do cartunista Henfil e do sociológo Betinho.

Em homenagem a D.A.Pennebaker, um dos grandes nomes do documentário musical, serão apresentadas duas de suas obras: os clássicos Don’t Look Back, sobre uma turnê do cantor Bob Dylan, e Monterey Pop, sobre o festival de música realizado em 1967 que contou com apresentações de Jimi Hendrix e Janis Joplin. Curtas de Pennebaker também serão apresentados no festival, que conta ainda com uma conversa com a diretora Chris Hegedus, que foi sua parceira e esposa.

Outro convidado do evento é o músico Nasi, vocalista da banda Ira! e protagonista do documentário Você Não Sabe Quem Eu Sou, dos diretores Alexandre Petillo, Rodrigo Cardoso e Rogério Corrêa, filme que será lançado durante o In-Edit.

Além dos filmes, o festival promove ainda debates, shows e uma masterclass com o cineasta Marcelo Machado, diretor de Tropicália. Entre os shows, haverá apresentações de Alzira E e DJ Hum, entre outros.

Toda a programação do festival pode ser consultada no site do In-Edit. Alguns filmes também poderão ser acessados na plataforma do Sesc Digital  e no canal Tamanduá com acesso gratuito. Após o dia 28 de junho, 11 filmes nacionais ficarão disponíveis na plataforma Spcine Play, também com acesso gratuito.

Todos os filmes nacionais, os debates e os shows desta edição podem ser acessados gratuitamente pelo site ou redes sociais do festival. O acesso aos filmes internacionais, no entanto, custa R$ 3.



Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bahia

Marcha para Jesus reúne fiéis em carreata na capital paulista

Publicado

on


Pelo menos 1,2 mil pessoas estão reunidas no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na Zona Norte da capital paulista, para participar de um show musical promovido dentro da Marcha para Jesus, que acontece todos os anos. Pela segunda vez consecutiva, ao invés dos participantes percorrerem o trajeto pelas ruas da cidade a pé, a marcha foi feita com as pessoas dentro dos carros. 

Para participar do show, no formato drive-in, os carros tiveram que ser cadastrados previamente. Em cada veículo é permitido quatro ocupantes. A ideia é que os participantes interajam com o show tocando buzinas. 

A carreata saiu do Obelisco do Ibirapuera às 14h. Representantes de várias denominações evangélicas participam para orar pelo Brasil. O evento conta ainda com quatro trios elétricos que levaram bandas para animar o percurso. Os caminhões de som registraram número limitado de pessoas. 

Show

No show, no Anhembi, se apresentam nomes consagrados da música gospel como Renascer Praise, Daniela Araújo, Kemuel, Juliana Silva, André e Felipe, Kemily, Ton Carfi, Gabriel Guedes, Leandro Borges, Isadora Pompeo e Casa Workship.

O evento também será transmitido pelo YouTube e Facebook e pelas emissoras oficiais da Marcha para Jesus – Rede Gospel de Televisão e Rádio Gospel FM.



Continue lendo

Bahia

Polícia investiga incêndio em estátua de Borba Gato na capital de SP

Publicado

on


Equipes das polícias Civil e Militar de São Paulo investigam quem pode ter sido o autor de vandalismo nas proximidades da estátua do Borba Gato, na zona Sul da capital paulista, na tarde deste sábado (24). Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, as duas polícias realizam diligências em buscas de imagens e informações que possam ajudar na identificação e localização dos autores. 

De acordo com as primeiras informações, por volta das 13h30, um grupo desembarcou de um caminhão e espalhou pneus pela via e nos arredores do monumento, ateando fogo na sequência. A SSP informou por meio de nota que policiais militares e bombeiros chegaram rapidamente ao local e controlaram as chamas e liberaram o tráfego. 

Não houve feridos e nem detidos. O caso está sendo registrado no 11º Distrito Policial (Santo Amaro). Esse distrito ficará responsável pelas investigações.



Continue lendo

Bahia

Manifestantes fazem atos pelo país por vacinação e contra presidente

Publicado

on


Manifestantes foram às ruas neste sábado (24) em diversas cidades do país para protestar contra o governo federal. Pessoas ligadas a partidos de oposição, movimentos sociais e centrais sindicais saíram em passeata pedindo a saída do presidente Jair Bolsonaro, mais vacinas contra a covid-19 e o fim da corrupção.

Rio de Janeiro

Pela manhã, na capital fluminense, manifestantes se reuniram em frente ao monumento de Zumbi dos Palmares, no centro da cidade. Eles ocuparam parte da Avenida Presidente Vargas e, depois, seguiram por outras vias do centro da cidade.

Salvador

Na capital baiana, também pela manhã, os participantes se reuniram na Praça do Campo Grande e, em seguida, saíram no sentido da Praça Principal. Eles gritavam palavras de ordem e exibiam faixas e cartazes.

Minas Gerais

Em Belo Horizonte, os manifestantes se reuniram na Praça da Liberdade, onde exibiram um boneco inflável gigante que fazia alusão ao presidente. Eles fizeram críticas ao uso do medicamento cloroquina no tratamento da doença.

Brasília

Na capital federal, a concentração acontece em frente ao Museu da República. De lá, a previsão é que os manifestantes sigam pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional. As vias de acesso foram interditadas para veículos em ambos os sentidos.



Continue lendo

Mais Vistos