conecte-se conosco

Tecnologia

Conteúdo Visual E Seu Impacto No Marketing Digital

Publicado

on


No Digital, o conteúdo é rei, e agora as palavras escritas ainda dominam. No entanto, uma tendência de conteúdo de marketing se tornou tão popular quanto seu valor: a pesquisa de fotos é impossível de ignorar.

Facebook e YouTube não são surpreendentemente as redes sociais mais populares do mundo. O Instagram também está atualizando no Tumblr e no Pinterest. Essas redes de mídia social são dominadas por aspectos visuais, como fotos e vídeos reversos, alguns se tornando virais.

Tudo sem texto é algo do passado – os recursos visuais atualmente dominam o marketing de conteúdo. Melhore-os com a combinação correta de conteúdo e pesquisa de fotos para que suas campanhas permaneçam relevantes para os tempos e as necessidades de mudança de seu público.

 

Por que você precisa de uma estratégia para conteúdo visual?

Primeiro, vamos estabelecer o que as imagens representam em um plano de marketing de conteúdo.

No marketing de conteúdo visual, você utiliza a pesquisa de fotos, vídeos, infográficos, memórias ou outros tipos de conteúdo visual para campanhas de marketing. A pesquisa de imagens vem em um formato atraente que atrai pessoas para visitar seu site, aprender mais sobre sua empresa ou comprar seu produto ou serviço.

Com o uso de uma busca de fotos bem projetada, o marketing de conteúdo é bem-sucedido. De acordo com o “PR Daily “, 94 por cento das informações visuais são vistas mais do que visualmente.

 

Pesquisa Por Imagem

É a melhor ferramenta para seus blogs encontrarem o papel de parede correto, fotos de perfil e imagens, pois fornece informações completas de um lugar para outro sobre essa imagem. Imagens semelhantes podem ser encontradas online, esta ferramenta oferece gratuitamente pesquisar imagem.

O motor de busca funciona através dos 3 principais serviços online (ou seja, Google, Bing e Yandex), quando um motor de busca produz uma imagem, o material da mais alta qualidade pode ser obtido de uma boa forma. Portanto, você não precisa explorá-los sozinho.

 

Conscientização da marca

De acordo com a Social Science Research Network, 65% dos indivíduos são aprendizes visuais – pesquisa de fotos, filmes e outros recursos visuais podem lembrar melhor as informações em comparação com a linguagem escrita. Portanto, o planejamento de UX deve ser um fator essencial na estratégia de marketing de conteúdo.

Você quer lembrar sua marca para o seu público? Para aumentar a identificação e o lembrete de sua marca, use conteúdo gráfico. Primeiro, todos os ativos gráficos que você utiliza online podem ter a marca d’água do logotipo de sua marca. Se uma pesquisa de fotos se tornar viral, ela pode ser facilmente associada.

 

Aumento de visitantes em sites

Com base na estimativa mais recente do Cisco Visual Networking Index, até 2021, os vídeos serão responsáveis ​​por 82 por cento de todo o tráfego da Internet em todo o mundo.

A produção de vídeo custa muito dinheiro, mas esse é um investimento importante para atrair mais usuários ao seu site. Se você hesitar em integrar vídeos em sua campanha de marketing de conteúdo, considere quanto tráfego do site sua empresa perderá.

 

Engajamento do cliente com a narrativa visual

Adicionar a pesquisa de imagens ao seu material escrito aumenta a atenção e o compromisso de suas iniciativas de publicidade de conteúdo por meio da pesquisa de fotos. Em vez de ter blocos longos, por exemplo, muitas fotos que os dividem tornam mais fácil navegar e absorver seu conteúdo.

Os conteúdos visuais também podem ajudá-lo a manter os visitantes do seu site na sua página inicial. Isso aumenta a taxa de cliques para outras partes do seu site e o relacionamento do visitante com sua marca.

Por que as pessoas preferem conteúdo visual? Você só pode trazer alegria, tristeza, choque, medo ou indignação com uma imagem que ecoa em seu público. Tão forte é a narrativa visual.

 

Qual a diferença entre o marketing de busca de imagens e a redação de conteúdo?

O desenvolvimento e a escrita de material visual não excluem um ao outro. Esses aspectos importantes formam o processo de marketing de conteúdo em conjunto com o planejamento e promoção de conteúdo.

No entanto, é útil saber como os dois tipos de conteúdo diferem, para ajudá-lo a projetar melhor suas campanhas. Isso não ajuda.

 

O material visual transmite rapidamente sua mensagem.

Em seu córtex visual, o cérebro humano processa visualmente, um discurso menos ocupado e mais rapidamente separado. É por isso que, por exemplo, uma aula de culinária por meio de um vídeo, em vez de um texto, é mais rápida e fácil de entender.

 

Os recursos visuais podem ser facilmente lembrados.

Pesquisa de fotos, filmes e outros recursos visuais são tratados na história de longo prazo do cérebro, enquanto as palavras de curto prazo são processadas. Apenas 10 a 20 por cento dele é retido quando os consumidores leem informações baseadas em texto. Adicione uma foto e as pessoas se lembrarão de 65 por cento das informações escritas.

 

É mais difícil do que escrever conteúdo para criar imagens, mas não tão difícil quanto você acredita que seja.

Para desenvolver um gráfico de informação espetacular ou um filme informativo, é necessário um conjunto de habilidades especializadas. Mas você ainda pode gerar belas imagens, mesmo se não for um designer. Muitas ferramentas da Internet para o marketing de material visual podem ajudá-lo a editar fotografias, criar memórias, animar GIFs e assim por diante.

 

Pensamento final

Visual ou texto escrito por conta própria são fascinantes. Mas você pode esperar resultados mais altos se usar os dois.



Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

Transcrição de áudio no WhatsApp: quais os benefícios para a comunicação?

Publicado

on


No Brasil, o WhatsApp é um dos aplicativos de conversação mais utilizados pela população, tanto para fins profissionais quanto pessoais. Em constante busca para aprimorar a comunicação entre os usuários, sua recente proposta de atualização para transformar mensagens de voz em texto, pode trazer benefícios importantes no contato entre as pessoas. Principalmente, diante da clara dualidade de preferências entre texto ou voz na plataforma.

A configuração, segundo o aplicativo, será opcional. Quando permitida, será possível acessar uma tela de “transcrição”, na qual a mensagem de voz será revertida em texto e armazenada localmente. Em uma crescente imersão na população no universo digital, o recurso é uma excelente forma de otimizar o contato entre as pessoas que preferem o online. Ainda mais, diante da grande massa da população que utiliza o aplicativo para diversas finalidades.

O Brasil é o 7º país do mundo que mais utiliza o WhatsApp dentre o público dos 16 aos 64 anos, de acordo com um estudo divulgado pelo Global Web Index’s – quantidade superior até mesmo dos Estados Unidos em números absolutos. Se tratando especificamente do recurso de voz, outra pesquisa feita pela Exame em parceria com a MindMiners, mostrou que 56% das pessoas gostam e preferem mandar áudios, junto com 57% que gostam de recebê-los.

Quando utilizada a nosso favor e de forma adequada, a tecnologia é completamente bem-vinda, especialmente por meio de atualizações e funcionalidades que venham facilitar nossas rotinas. Por mais benéfica que seja, contudo, não há como negar a crescente dependência que gera em nosso dia a dia. Não há prova mais clara disso do que a queda recente do aplicativo, que impactou comércios ao redor de todo o mundo, impossibilitando a comunicação entre as partes.

Cerca de 84% dos empresários no país preferem o WhatsApp para se relacionar com seus clientes, segundo dados divulgados pelo Sebrae. São mais de cinco milhões de contas no WhatsApp Business, contra pouco mais de 20% que utilizam seu próprio site para vendas. O aplicativo já se tornou uma ferramenta essencial para muitas pessoas e, por isso, deve ser investido como maneira de aperfeiçoar a comunicação digital no mundo corporativo.

As empresas devem sempre se munir e oferecer os melhores e diversos recursos de comunicação para seus clientes. Quanto mais próxima for essa relação, maior será o entendimento das necessidades dos consumidores e, como prover as soluções desejadas. Os robôs, como exemplo, são ótimos recursos e cada vez mais investidos pelas companhias, facilitando a comunicação, conquistando uma maior assertividade, aumento da taxa de respostas e, ainda, reduzindo custos com pessoal na primeira triagem do atendimento.

Os benefícios com os constantes avanços e atualizações no WhatsApp tendem a proporcionar enormes benefícios para seus usuários, com resultados maiores do que a aproximação presencial dentre as partes. Além de aperfeiçoar toda a experiência do usuário, a maior gama de possibilidades de atendimentos traz uma maior satisfação do usuário, sabendo que poderá escolher a forma de comunicação que prefere. Às empresas, cabe a adequação constante ao estilo preferido dos seus clientes.

Igor Castro é Diretor de Produtos e Tecnologia na Pontaltech, empresa especializada em soluções integradas de voz, SMS, e-mail, chatbots e RCS.



Continue lendo

Tecnologia

Saiba como a chegada do 5G móvel beneficiará os clientes de bancos

Publicado

on


A tecnologia 5G para celulares promete promover uma grande transformação no Brasil, disponibilizando velocidade de conexão, cobertura e capacidade de resposta das redes sem fio muito melhores do que as atuais. Nela também será possível conectar um número muito maior de dispositivos do que uma rede celular tradicional. Mas, além, a chegada da tecnologia trará benefícios em diversos setores do cotidiano, inclusive no meio financeiro e bancário.

Segundo Marcelo Pereira, diretor financeiro do Popibank, o 5G traz uma série de possibilidades inéditas para bancos, seguradoras e fintechs. “Com uma rede mais potente é possível oferecer produtos e serviços móveis inovadores, muito mais completos, além de tornar o mundo mais inteligente e conectado”, afirma.

Dentre as possibilidades, a nova rede permitirá aos usuários experimentarem a realidade virtual e aumentada em seus celulares. Isso facilitará o acesso aos gerentes e consultorias dos bancos. “A qualidade de chamadas de vídeo serão extremamente altas, permitindo entregar serviços, informações e atender com agilidade os clientes, se reunindo com eles no momento em que mais precisam diretamente pelo seu smartphone”, diz Pereira.

Segundo Pereira, os robôs que atualmente são programados para dar respostas automáticas sofrerão uma evolução. “Será possível implantar robôs treinados para interagir com o usuário e ajudá-los em suas transações financeiras de uma forma muito mais completa e eficaz”, completa.

O diretor financeiro do Popibank pontua que a nova rede de internet móvel vai impulsionar a Internet das Coisas (IoT), permitindo que as pessoas realizem cada vez mais os seus pagamentos sem necessitar de cartões físicos. “Os pagamentos podem ser incorporados a qualquer aparelho conectado ao 5G e reduzir os problemas que podem ocorrer durante a transação”.

Para controle interno, as instituições com o 5G conseguirão conectar todas as áreas e agências utilizando serviços confiáveis baseados em vídeo.

Fraudes
O 5G promete ainda ser uma rede mais segura por conseguir reunir dados de diversas fontes e processá-los mais rapidamente. “Assim terá como as empresas atuarem de maneira a minimizar riscos e prevenir fraudes, inclusive implantando autenticação em várias camadas, não somente com biometria ou reconhecimento facial, por exemplo, garantindo proteção extra”, explica Marcelo Pereira.

Implantação
Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a previsão é de que o 5G funcione em todas as capitais do Brasil e no Distrito Federal em julho de 2022. Para todas as outras cidades com mais de 30 mil habitantes, o prazo é julho de 2029.



Continue lendo

Tecnologia

Opera GX decola com Operius, jogo de arcade de tiro espacial para jogar no navegador quando o WiFi acabar

Publicado

on


Todos nós já experimentamos o horror inexplicável de ter que lidar com algumas conexões de internet instáveis. Nesses momentos em que o WiFi acaba, o Operius ajudará a esquecer a frustração com sua jogabilidade de arcade em ritmo acelerado. Criado na suíte de criação de jogos GameMaker Studio 2, Operius pode ser reproduzido no navegador Opera GX a partir de hoje. O jogo aparecerá sempre que a rede travar. Aqueles com uma conexão estável que realmente desejam experimentar o Operius podem simplesmente digitar opera: // operius na barra de endereços do Opera GX.

Projetado por Mors, Operius se passa em um mundo onde todos os computadores do mundo perdem simultaneamente a conexão com a internet, com um estranho OVNI que está pairando no céu parecendo ser a causa da interrupção. A única maneira de restaurar a internet do planeta é navegar através do funcionamento interno do OVNI e derrubá-lo por dentro, uma tarefa que envolve atirar em hordas de invasores alienígenas e desviar de obstáculos para avançar para o próximo nível.

Em julho, o Opera GX lançou seu Game Jam “No Internet” para encontrar o jogo que manteria seu público de mais de 10 milhões de jogadores entretidos sempre que perdessem a conexão. Com mais de 900 inscrições, todas criadas no GameMaker Studio 2, a competição foi feroz. Mas um jogo, o Operius, se destacou e emergiu triunfante depois de liderar as pesquisas públicas que viram oito jogos escolhidos a dedo angariar mais de 100.000 votos das comunidades Opera GX e GameMaker.

Operius apresenta gráficos vetoriais nítidos de inspiração retrô que prestam homenagem aos grandes jogos de tiro de arcade baseados no espaço dos anos oitenta com uma trilha sonora de alta adrenalina e pulsante escrita por Catonator. Estar offline não significa que você não pode jogar junto: Operius possui um modo de dois jogadores offline – tudo que você precisa fazer é compartilhar seu teclado com outra pessoa e entrar no modo de dois jogadores.

‘Acreditamos que os jogadores merecem um jogo melhor do que dinossauros saltadores ou surfistas. É por isso que começamos o game jam do Opera GX e encontramos o Operius, um jogo offline altamente viciante que se destaca entre todos eles”, disse Maciej Kocemba, Head do Opera GX.

“Com Operius, eu queria fazer um jogo de tiro divertido inspirado em fliperama para tirar a mente dos jogadores de estar offline e talvez até mesmo fazê-los esquecer que deveriam voltar online em primeiro lugar”, disse Mors.

“Ao criar a lista dos finalistas, procurávamos um jogo divertido de jogar, com aparência e som divertidos e, o mais importante, que você quisesse jogar repetidamente”, acrescentou Kocemba.

Além de se tornar o novo jogo offline do Opera GX e salvar muitos jogadores de uma experiência incrivelmente frustrante, o desenvolvedor do Operius também recebe um prêmio em dinheiro de 10 mil dólares. Dois vice-campeões, Aliens Stole My WiFi e Nettie & Settie Save the Internet também recebem prêmios em dinheiro de 7 mil e 3 mil dólares, respectivamente.

Felizmente, os usuários não terão que remover o roteador para jogar o Operius, pois ele está disponível para jogar mesmo sem problemas de conexão no GXC. GXC é a próxima plataforma de publicação automática do Opera e permitirá que os criadores de jogos independentes publiquem suas criações do GameMaker Studio diretamente na plataforma de forma gratuita – para que outros usuários possam aproveitar e dar feedback instantâneo. Operius, Aliens Stole My WiFi e Nettie & Settie Save the Internet estarão disponíveis no GXC.





Continue lendo

Mais Vistos