A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) lançou hoje (23) um programa de modernização com intuito de garantir eficiência e aumentar tanto a disponibilidade de energia como a confiabilidade operacional de seu sistema.

Por meio do Programa de Modernização das Instalações de Geração serão investidos, ao longo de 10 anos, R$1,5 bilhão, visando principalmente a substituição de equipamentos analógicos por digitais nas usinas hidrelétricas de Sobradinho e Paulo Afonso IV, na Bahia; de Luiz Gonzaga, em Pernambuco; e de Xingó, em Sergipe.

Entre os sistemas a serem substituídos, estão os de medição, proteção, comando, controle, supervisão e regulação. A empresa informou que está também prevista a melhoria dos sistemas de acionamento das comportas; e a digitalização das salas de comando.

O programa prevê também uma operação integrada envolvendo todo o seu complexo de usinas hidrelétricas, “com mais eficiência e confiabilidade operacional”; e a readequação das unidades geradoras, de forma a operarem também como compensadores síncronos, o que possibilitará a ampliação da oferta de serviços ao sistema elétrico.

E expectativa da Chesf é de que, com a modernização de suas instalações de geração, amplie sua capacidade de geração de energia reativa para 5.148 Mega Volt-ampère reactivo (MVAr).



Fonte

Rede SAC lança videoatendimento para consulta a vagas de emprego

Artigo anterior

Aplicativo ajuda a checar qualidade de itens fornecidos às escolas

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *