Daphne.jpg


Após fazer história na 9ª temporada The Voice Brasil como a primeira DJ/Live do programa, virando as quatro cadeiras dos jurados e ouvindo de Carlinhos Brown que era uma artista completa, pronta para a música internacional, a catarinense Daphne volta a surpreender lançando sua canção “Ovelha Negra” em duas versões: R&B e eletrônica, nesta sexta-feira, dia 27.

A leitura eletrônica é fruto de uma parceria com Claudinho Brasil, que carrega uma pegada pop cheia de energia e criatividade. Já a versão R&B destaca o poderoso vocal da cantora em uma proposta mais intimista, que representa bem o nascimento da música: “trancada num quarto com um violão tentando escrever qualquer coisa que me fizesse voltar para a minha realidade, depois da experiência do The Voice”, conta Daphne.

O single carrega uma forte mensagem: “mostra o lado bom de ser diferente. Você não seguir algum tipo de padrão, ou não ser o que outras pessoas esperam de você, não quer dizer que você não possua suas qualidades”, relata a cantora. Esta é a primeira composição e lançamento de Daphne em português, e está diretamente ligada com sua experiência no The Voice Brasil.

“É minha primeira composição e lançamento em português, então o simples fato de escrevê-la já foi uma barreira que eu tive que romper comigo mesma. Eu comecei a escrever essa música em inglês, na verdade, logo após gravar minha eliminação no The Voice Brasil, onde cantei uma música em português. Quando tentei cantar alguns versos, decidi me desafiar e transpor para o português, o que acabou ficando melhor”, descreve a artista.

A música simboliza o início de um novo momento na carreira de Daphne: “Ovelha Negra me ajudou a abrir a cabeça na hora de produzir. Testar coisas novas e tão diferentes me ajudou a me encontrar e a produzir minhas ideias melhor”, destacou a vocalista extremamente talentosa e multifacetada que, além de cantar e compor, também toca e produz como DJ e domina diversos instrumentos.

Fique de olho nas novidades de Daphne em suas redes sociais e aproveite para curtir a sexta-feira com as duas versões de “Ovelha Negra”.



Fonte

Viola de Doze celebra 20 anos de carreira e promete novidades

Artigo anterior

Times brasileiros conhecem rivais das oitavas da Copa Sul-Americana

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.