A FIB Brasil é a nova empresa de rede neutra de fibra criada pela Telefônica Brasil (conhecida pela operadora Vivo), a Telefônica Infra (uma parte da infraestrutura do Grupo Telefônica) e um grupo de investimentos canadenses CDPQ.

A empresa tem intenção de construir uma rede de ultra velocidade num modelo de atacado, permitindo parcerias com outras operadoras para utilização da infraestrutura expandindo a cobertura de banda larga fixa em todo Brasil. O objetivo é ter uma cobertura de 500 mil acessos até o final de 2021 e alcançar 5,5 milhões de domicílios nos próximos 4 anos.

Tendo a Vivo como cliente-âncora, o capital da empresa é representado por 25% da Telefônica Brasil (operadora Vivo Fibra), 25% Telefônica Infra (corpo social sediado na Espanha e controlada pelo Grupo Telefónica) e os outros 50% pelo grupo de investimento canadense CDPQ.

Em uma postagem britânica com foco no mercado global de infraestrutura, IJ Global, elegeu a criação da FiBrasil como o “negócio do ano” na América Latina no setor de telecomunicações. Todos os anos as melhores operações de infraestrutura e energia em diferentes países são premiadas pela IJ Global Awards.

“A premiação é um reconhecimento do nosso compromisso em ajudar todos os provedores de banda larga e impulsioná-los no mercado otimizando seus recursos. O território brasileiro é continental e ainda possui regiões sem acesso à internet de ultra velocidade. Temos a oportunidade de ampliar e democratizar esse acesso, tornando-o não restrito aos grandes centros urbanos ou cidades de médio porte”, explica o CEO da FiBrasil, André Kriger.



Casarão Brasil inicia nova campanha para população LGBTI em vulnerabilidade

Artigo anterior

Troféu Brasil: Nicholas Santos e Stephanie Balduccini irão ao Mundial

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.