Uma ação conjunta entre a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Vigilância Sanitária (Visa) e Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia vistoriou, na manhã desta segunda-feira (01), o hotel para bichos de estimação Jack’s Pet Resort, localizado no bairro de Pitangueiras, em Lauro de Freitas. O estabelecimento, que estava funcionando de forma irregular, é alvo de denúncias de maus tratos e está ligado à morte da coelha Nicinha, ocorrida no último dia 29.

De acordo com o coordenador da Visa, Adriano Almeida, o local estava funcionando sem alvará sanitário. “O hotel foi intimado e tem cinco dias para abrir processo de licenciamento sanitário na Visa. Além disso, responderá a outra intimação, com prazo de resposta de 72 horas, relacionada a higienização e organização dos ambientes”, falou.

Logo na entrada a equipe constatou vasilhames sem identificação adequada relacionadas a rótulos e validade dos produtos, além de sujeira na parte de banho e tosas de animais. Produtos de limpeza próximos a área da piscina e de uso dos animais acendem o alerta relacionado aos riscos na exposição.

A ausência do registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia (CRMV) também foi constatada. O fiscal da CRMV, Erick Martins, explica que o estabelecimento tem até trinta dias para regularização no órgão.

 

Ascom/PMLF

Foto: Maína Diniz



Vacinação contra Covid-19 para soteropolitanos e cidadãos de outras cidades é retomada nesta quinta (2)

Artigo anterior

Estação Cidadania São Marcos abre 150 vagas para aulas esportivas

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *