Pod Ser é um duo brasiliense de música alternativa, criado por Luis lannini e Cadu Brisolla em 2011. O projeto tem três álbuns lançados, o mais recente deles “Estrada”, de 2019. Neste período pandêmico, a banda resolveu lançar versões solitárias de canções do projeto e novos materiais. Este é o norte de Cada um no seu quadrado Sessions, uma série de vídeos que se inicia com a versão original de “Sequidão”, música que fecha o álbum mais recente da Pod Ser.

“Sequidão” foi uma música inicialmente pensada para o quarto álbum do duo, mas foi adaptada numa pegada mais folk pop e fechou o terceiro álbum muito bem. Em uma forma de passagem de bastão entre os trabalhos. O que vemos no novo vídeo é uma apresentação solo do Luis lannini, com a pegada real de como a canção foi composta, de forma eletrônica e recheada de teclados e synths.

O projeto convida o público para acompanhar a evolução da canção e da performance dele em uma sessão que inicia melancólica e se transforma num synth pop com nuances de psicodelia, numa viagem tanto sonora quanto visual. O vídeo foi gravado em take único, no Dark Green Mailbox Studios (DGM), em junho de 2020.

A letra da canção passa a mensagem de que: “se você semear flores, viver a vida seguindo o seu coração, se se entregar com coragem às suas paixões, a força que advirá disso tudo é tal que fará chover onde era só sequidão”, como conta o Luis. Um pensamento importante neste momento difícil que passamos no país.



Rocca Vegas aborda espiritualidade em novo single O Tigre e o Dragão

Artigo anterior

Catarse lança campanha nacional para impulsionar mercado do livro

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *