Após determinação do Ministério da Saúde, a vacinação da dose de reforço contra a Covid-19 passou por mudanças em Camaçari. Desde a semana passada, a idade mínima para dose de reforço foi ampliada para todas as pessoas de 18 anos acima. O prazo mínimo para receber a dose de reforço também foi alterado de seis meses após a segunda dose, para cinco meses.

Outra mudança foi referente a vacina da Janssen. Até a semana passada o ciclo vacinal com o imunizante era completado com uma dose única. Entretanto, após estudos, o Ministério da Saúde recomenda a aplicação de uma segunda dose para todos os que tomaram a vacina Janssen. A Secretaria da Saúde (Sesau) informa que, assim que disponível no município, iniciará a aplicação da segunda dose com o imunizante. E, somente cinco meses após receberem a segunda dose, é que as pessoas vacinadas com a Janssen poderão receber o reforço.

O Ministério da Saúde ainda estabelece que a vacina a ser utilizada para a dose de reforço deverá ser, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Pfizer/Wyeth) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca), independentemente do esquema vacinal primário. As determinações do Ministério da Saúde foram publicadas também em Nota Técnica de número 59/2021 da SECOVID/GAB/SECOVI/MS e ratificadas na Nota Técnica Nº 59 do CIVEDI/DIVEP/SUVISA.

Foto: Divulgação



Timbalada e Olodum confirmados para o Pida Music Festival

Artigo anterior

Agentes apreendem carro clonado da polícia em operação no Rio

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *