A estrela chinesa do tênis Peng Shuai fez uma ligação por vídeo neste domingo (21) com o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) e disse a ele que está segura e bem, informou o Comitê em comunicado.

Fotos e vídeos de Peng num torneio em Pequim neste domingo surtiram pouco efeito em mitigar preocupações internacionais após ela passar quase três semanas sem aparecer em público depois de acusar o ex-vice-premiê chinês de abuso sexual.

Em comunicado, o COI disse que no início de sua ligação de 30 minutos com o presidente, Thomas Bach, Peng agradeceu o COI pela preocupação com seu bem-estar.

“Ela explicou que está segura e bem, vivendo em sua casa em Pequim, mas que gostaria de ter sua privacidade respeitada neste momento”, disse o comunicado do COI. “Por isso, prefere passar mais tempo com a família e os amigos no momento. Ainda assim, ela continuará envolvida com o tênis, o esporte que ama tanto.”

A preocupação sobre Peng surge num momento em que associações internacionais defensoras dos direitos humanos pedem boicote às Olimpíadas de Inverno em Pequim, que acontecerão em fevereiro, devido ao histórico da China em relação aos direitos humanos.

Em 2 de novembro, Peng fez um post em redes sociais chinesas dizendo que o ex-vice-premiê Zhang Gaoli a havia assediado sexualmente há alguns anos. Nem Zhang nem o governo chinês comentaram sua acusação. O post de Peng foi deletado rapidamente das redes sociais e o assunto foi banido na altamente censurada internet chinesa.

(Por Brenda Goh, Sophie Yu, Yew Lun Tian, Gabriel Crossley, Ryan Woo, Sudipto Ganguly e Karolos Grohmann)



Fonte

Polícia Federal apreende 265 kg de cocaína no Porto de Natal

Artigo anterior

Estudantes já começam a deixar as provas do primeiro dia do Enem 2021

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *